Mãe de Ronaldinho Gaúcho morre vítima de Covid-19 aos 71 anos

Dona Miguelina faleceu no sábado, 20, após ficar internada por contrair Covid-19 no ano passado. Saiba detalhes.

por Sally Borges 22 fev, 2021 18:38Tags
Recomendado para você: Mãe de Ronaldinho Gaúcho morre vítima de Covid-19 aos 71 anos

Ronaldinho Gaúcho perdeu a mãe, Miguelina Elói Assis, na noite de sábado, 20, em Porto Alegre. Dona Miguelina tinha 71 anos e estava internada desde o ano passado após contrair Covid-19.

A mãe do craque brasileiro estava no Centro de Terapia Intensiva do Hospital Mãe de Deus desde dezembro e não resistiu às complicações da doença, que já matou mais de 240 mil pessoas no Brasil.

A informação da morte de Dona Miguelina foi dada por alguns veículos, como a Rádio Itatiaia, e confirmada por alguns parentes, como Diego Assis, sobrinho de Ronaldinho, que disse que a avó "foi descansar".

leia também
Ronaldinho Gaúcho surge de algemas e segue preso até audiência

Na época da internação, o brasileiro, que jogou no FC Barcelona e no Milan, pediu orações pela saúde da matriarca.

"Queridos amigos, minha mãe está com Covid e estamos na luta para que ela se recupere logo. Ela está no centro de tratamento intensivo, recebendo todos os cuidados. Agradeço desde já as orações, as energias positivas e o carinho de sempre. Força, mãe", escreveu ele.

O corpo de Dona Miguelina foi sepultado no domingo, 21, no Cemitério Jardim da Paz, em Porto Alegre.

A assessoria de imprensa do local informou ao G1 que Ronaldinho não iria ao velório e nem ao enterro, pois estaria "muito abalado emocionalmente".  

Nossos sentimentos aos familiares e amigos.