Rafa Kalimann detona Karol Conká por falas sobre Thelminha: “Desumana"

A influenciadora chamou a cantora de “vazia”, enquanto a própria vencedora deu sua opinião sobre a crítica. Veja!

por Sally Borges 03 fev, 2021 18:50Tags
Recomendado para você: Rafa Kalimann detona Karol Conká por falas sobre Thelminha: “Desumana"

Rafa Kalimann se manifestou após Karol Conká criticar Thelma Assis, campeã do BBB20. Nesta quarta-feira, 3, Conká disse que Thelma foi protegida por "amigas brancas" no reality e Kalimann deu sua resposta.

Em conversa com Lumena e João Luiz, a cantora alega que o Brasil é "um país racista" e que "adoram botar o pretinho no chinelo".

"Botar o pretinho lá embaixo, entendeu? Quem protegeu a Thelma na outra edição foi Manu [Gavassi], Rafa [Kalimann] e ela mesma. Só que ela não conseguiu sozinha se proteger. Ela tinha que ter as amigas brancas por ela. Eu não tenho amigas brancas aqui por mim".

Foi então que a ex-esposa de Rodolffo saiu em defesa de Thelminha.

leia também
Famosos que criticaram as atitudes de Karol Conká no BBB21

"A Thelma chegou onde chegou porque é forte, soube respeitar e se posicionar, fez um jogo lindo e de muito orgulho, REPRESENTOU. Esse mérito é dela. Não aguento mais ouvir absurdos vindo dessa mulher. Nem tente se comparar com a postura e índole da @thelminha. Que vergonha".

Em seguida, a nova contratada da Globo disse que Conká é "vazia" e disse ter entendido o motivo de tanta rejeição.

"Agora eu vi mesmo, a participante de reality que mais está causando revolta e rejeição no Brasil por ser tão desumana falando da CAMPEÃ DA ÚLTIMA EDIÇÃO! Agora eu tremi aqui pra valer viu", mandou a musa.

Já Thelminha pediu para os jogadores deste ano deixarem de se comparar com a "galera do ano anterior", pois "quem nasceu pra 21 nunca será 20".

"Em minha vida eu ocupei todos os espaços que desejei ocupar provando para as pessoas que caráter e boa índole não tem cor. Quem me protegeu lá dentro foi a minha coerência, foi a minha consciência negra de jamais oprimir um dos meus, ao contrário do que tem sido feito".

Estamos de olho!