Meghan Markle tem nome removido da certidão de Archie

O pedido de mudança, que tira o nome de Meghan, deixando apenas seu título real, não foi feito pela Duquesa.

por Corinne Heller | Traduzido Por Miriam Kaibara | 01 fev, 2021 16:36Tags
Recomendado para você: Meghan Markle tem nome removido da certidão de Archie

O nome de Meghan Markle foi removido da certidão de nascimento de Archie Harrison, seu filho com Príncipe Harry. No entanto, representantes de Meghan revelaram que o pedido não foi feito pela Duquesa de Sussex. 

Nesse sábado, 30, o The Sun alegou que Meghan "tomou uma ação sem precedentes de remover" seu primeiro nome e o nome do meio, Rachel Meghan, dos documentos, incluindo apenas seu título, "Sua Alteza Real a Duquesa de Sussex", na categoria "mãe". No entanto, nesse domingo, 31, um porta-voz de Meghan esclareceu a situação. 

"A mudança de nome em documentos públicos, em 2019, foi ditada pelo Palácio, como confirmado por documentos de altos funcionários do Palácio", diz o comunicado oficial ao E! News. "Esse não foi um pedido feito por Meghan, A Duquesa de Sussex, nem pelo Duque de Sussex"

O Palácio de Buckinghan se negou a comentar o assunto quando procurado pelo E! News

leia também
Pai de Meghan Markle faz revelações sobre carta vazada da filha

A matéria do The Sun incluiu uma imagem de um documento oficial do dia 21 de janeiro que declara que o nome de Meghan foi removido da certidão de nascimento em junho de 2019 sob a autoridade do Registrador Geral. Também revela que o nome e o título de Harry também foram mudados, de "Sua Alteza Real Henry Charles Albert David Duque de Sussex" para "Sua Alteza Real o Príncipe Henry Charles Albert David Duque de Sussex".

O The Sun também revelou que as mudanças de nomes foram feitas em meio aos rumores de quebra de relação entre Harry e seu irmão Príncipe William. O jornal ainda disse que a edição na certidão poderia ter sido vista como uma afronta a William e sua esposa, Kate Middleton, que mantém seu nome formal, Catherine, nas certidões de seus três filhos. 

Toby Melville /PA Wire

"Para ver este tabloide do Reino Unido e seu carnaval de supostos 'especialistas', ele decidiu enganosamente transformar isso em uma 'afronta' familiar calculada e sugere que ela estranhamente gostaria de ficar sem nome na certidão de nascimento de seu filho, ou que qualquer outro documento legal seria ridículo se não fosse ofensivo. Há muita coisa acontecendo no mundo, vamos focar nisso ao invés de criar caça-cliques", disse o porta-voz de Meghan. 

O The Sun ressaltou que a mudança de nome também poderia ser vista como um alinhamento de Meghan com a saudosa Princesa Diana, que usou o título, "Sua Alteza Real, a Princesa de Gales" nas certidões de nascimento dos príncipes, sem seu nome.

No início de 2020, Meghan e Harry abandonaram seus cargos seniores reais. Como parte do acordo de saída, o casal concordou em desistir de seus títulos de "Alteza Real", assim como Diana fez quando se divorciou do pai de Harry e William, o príncipe Charles.

Meghan e Harry se mudaram para o Canadá meses antes de sua saída real oficial. Em seguida, eles estabeleceram a Califórnia como seu lar, onde compraram uma casa em Montecito, próximo à Santa Bárbara. 

 

Momentos históricos do príncipe Harry e Meghan Markle