Ex de Armie Hammer reage sobre filme de "amor canibal" com Timothée Chalamet

O ator estrelou o filme "Me Chame Pelo Seu Nome" ao lado de Hammer, que é acusado de canibalismo.

por Ryan Gajewski | Traduzido Por Miriam Kaibara | 29 jan, 2021 17:14Tags
Recomendado para você: Ex de Armie Hammer reage sobre filme de "amor canibal" com Timothée Chalamet

Elizabeth Chambers, ex-esposa de Armie Hammer, reagiu à recente polêmica envolvendo o ator. Armie é acusado por mulheres de cometer "canibalismo" e estupro. 

Nessa quinta-feira, 28, o Hollywood Reporter revelou que o diretor de Me Chame Pelo Seu Nome, Luca Guadagino, e o astro do longa Timothée Chalamet, se reuniram para conversar sobre a adaptação de um filme baseado no livro de Camille DeAngelis, Bones and All. O projeto conta a história de uma mulher que está à procura de seu pai na esperança de descobrir por que ela tem o desejo de assassinar e comer pessoas que mostram afeto por ela. O veículo não informou se Armie, que também estrelou Me Chame Pelo Seu Nome, está envolvido no trabalho. 

Em post feito pelo site Just Jared, o projeto é descrito como "um filme de amor canibal", e chamou a atenção de Elizabeth. 

"Sem. Palavras.", escreveu a atriz. O comentário já conta com quase 5 mil curtidas e 268 respostas. 

Elizabeth não deu mais detalhes sobre sua observação, mas é uma reação provável à recente polêmica em torno das mensagens supostamente enviadas por Armie, que viralizaram no início deste mês. O conteúdo incluía relatos de atos sexuais e outras fantasias explícitas.

leia também
Ex de Armie Hammer detalha relação aberta e práticas de BDSM com o ator

Uma das mensagens enviadas a uma mulher não identificada dizia, "Eu preciso beber seu sangue".

Em meio ao escândalo, Armie deixou o novo filme de Jennifer Lopez, Shotgun Wedding, e a série The Offer, sobre o Poderoso Chefão, da Paramount+.

Mike Coppola/Getty Images

A equipe de Armie não respondeu ao E! News sobre sua saída da série, mas o ator se pronunciou sobre o filme Shotgun Wedding, alegando que ele estava deixando a produção como resultado de "ataques online viciosos e espúrios contra mim". 

No dia 17 de janeiro, o ator se desculpou após se referir a uma mulher que surge na cama em vídeo, como "Miss Cayman". O conteúdo supostamente de seu Instagram foi divulgado pelo Daily Mail. Na legenda, o ator disse que Elizabeth estava vivendo com seus filhos nas Ilhas Cayman, então ele teve que viajar para vê-los, "o que é uma droga. Exceto por existir alguns lados bons. Tipo, fod** a Sra. Cayman de novo enquanto estou aqui". 

Elizabeth e Armie, que são pais de Harper Grace, de 6 anos, e Ford Douglas Arman, de 4 anos, se separaram em julho de 2020, após 10 anos de casamento.