Elliot Page pede divórcio de Emma Portner após 3 anos de casamento

O ator pediu a separação oficial de Portner. Leia a declaração conjunta.

por Elyse Dupre | Traduzido Por Sally Borges | 26 jan, 2021 22:05Tags
Elliot Page, Instagram, First SelfieInstagram / Elliot Page

O casamento de Elliot Page e Emma Portner chegou ao fim. De acordo com os registros de um tribunal em Nova York, Elliot pediu o divórcio da dançarina profissional nesta terça-feira, 26.

O ex-casal também confirmou a separação em comunicado ao E! News.

"Após muita reflexão e consideração cuidados, tomamos a difícil decisão de nos divorciar após nossa separação no verão passado", disseram os dois. "Temos o maior respeito um pelo outro e continuaremos amigos íntimos".

A notícia chega três anos depois que Page e Portner anunciaram que se casaram em janeiro de 2018. Eles começaram a namorar em 2017.

No mês passado, Portner compartilhou uma mensagem amorosa depois que Page se revelou transgênero. "Estou muito orgulhosa de @elliotpage", escreveu a professora da Broadway Dance Center, no Instagram. "Pessoas trans, queer e não binárias são um presente para este mundo. Também peço paciência e privacidade, mas que você se junte a mim no apoio fervoroso da vida trans todos os dias. A existência de Elliot é um presente em si mesmo. Brilhe, doce E. Te amo muito".

leia também
Elliot Page, conhecido anteriormente como Ellen Page, fala sobre transgeneridade nas redes

Page, cujos trabalhos incluem Juno e The Umbrella Academy, compartilhou que ele é transgênero e usa os pronomes ele/dele e eles/deles, em uma postagem compartilhada em 1º de dezembro, nas redes sociais.

"Sinto-me sortudo por estar escrevendo isso", escreveu ele, na época. "Por estar aqui. Por ter chegado a este lugar na minha vida".

Ele também expressou sua "imensa gratidão pelas pessoas incríveis que o apoiaram" ao longo de sua jornada.

"Não consigo expressar como é notável finalmente amar quem sou o suficiente para buscar meu eu autêntico", escreveu Page, em certo ponto do post. "Fui infinitamente inspirado por tantos na comunidade trans. Obrigado por sua coragem, sua generosidade e trabalho incessante para tornar este mundo um lugar mais inclusivo e compassivo. Oferecerei todo o apoio que puder e continuarei a lutar por um sociedade mais amorosa e igualitária".