Fiuk revela ter sofrido bullying na escola: "Fui internado três vezes"

Em conversa com outros participantes, o cantor disse que sofreu bullying na escola por ter problemas respiratórios.

por Sally Borges 26 jan, 2021 18:36Tags
Fiuk, BBB21Reprodução/TV Globo

Fiuk mal entrou no BBB 21 e já está rendendo assunto aqui fora. Depois de até ter tido proposta de filhos de Juliette, Fiuk revelou aos confinados, nesta terça-feira, 26, que sofreu bastante bullying na época da escola.

Segundo o irmão de Cleo Pires, ele tinha com problemas respiratórios e, por isso, era o alvo principal das brincadeiras dos colegas.

"Teve uma época que eu levava tudo de oxigênio para a escola. Os moleques me davam tapa na cabeça e era falta de ar na hora", disse ele.

"Fui internado três vezes. Minha mãe foi muito parceira, se não fosse por ela... Eu chorava sozinho".

leia também
Xuxa Meneghel sobre Fiuk no BBB21: "Vai pegar mais de uma"

O filho de Fábio Jr. contou ainda como recebeu o diagnóstico de DDA, conhecido como Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade.

"Fui crescendo e quis saber o que era isso que eu tenho, eu fui ficando inquieto. ‘Será que minha cabeça é limitada?'. Não era uma coisa positiva na escola, os moleques acabavam comigo".

"Eu não conseguia ser amigo de ninguém. As meninas sempre ficavam com dó, mas até a minha pré-adolescência foi ‘brabo'. Quando eu li, conheci o que era DDA", explicou o cantor.

Instagram/@cleo

Na manhã desta terça-feira, 26, Fiuk foi elogiado pela irmã Cleo e recebeu um recado de apoio do pai, no Mais Você, da Globo.

"Eu adorei o que vi. Eu gosto de quebra de padrões. Ninguém esperaria que alguém da nossa família fosse entrar. Não sei se quebra de padrão, mas de paradigma. E ele estava muito a fim", disse a atriz.

"Para ele é uma questão de aprendizado, amadurecimento, de se expor como nunca tinha feito antes. Ele estava muito animado".

"Quando as pessoas que eu amo estão muito animadas e certas do que elas querem fazer, eu acho que o meu dever é apoiar. Foi isso que tentei fazer. Eu tentei curtir com ele e apoiar". 

Estamos de olho!