A vida de Duda Reis após denúncias contra Nego do Borel

A atriz de 19 anos decidiu colocar um ponto final no relacionamento abusivo que viveu com o cantor. Veja.

por Sally Borges 20 jan, 2021 21:16Tags
Duda ReisInstagram/@dudareisb

Duda Reis decidiu dar um novo rumo à sua vida. Após quase três anos, Duda pôs fim ao relacionamento com Leno Maycon Viana Gomez, o Nego do Borel, e sentiu a necessidade de revelar tudo o que passou com o ex-noivo.

Como os fãs devem se lembrar, a ruiva e o cantor anunciaram o término no final de dezembro de 2020. Muitos acharam que o fim foi amigável... até que um áudio da youtuber Lisa Barcelos, falando que havia tido relação sexual com o artista, foi divulgado por Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

Em seu pronunciamento, a atriz de 19 anos confirmou a veracidade do registro e decidiu expor, com detalhes, tudo o que viveu ao lado de Borel.

"Você sai destruída de uma relação abusiva, fato", disse ela, em 12 de Janeiro, nos Stories de seu Instagram. "Às vezes só vai enxergar tempos e tempos depois. Como se não bastasse eu ter saído com diversas feridas e traumas por causa do bom samaritano de rede social, recebo agora mais baixaria no meu celular e vou começar a expor mesmo".

"Passei muita coisa que vou poder testemunhar e usar de incentivo pra vocês. Verbais, chantagens emocionais, sentia medo mesmo, medo pela minha vida e decidi botar a boca no trombone. Não dá pra ficar passando pano pra macho assim, porque a próxima namorada será a próxima vítima e ponto final. Eles não mudam e nunca vão mudar, só mudam a presa".

leia também
Duda Reis se pronuncia sobre áudios vazados e detona Nego do Borel

Duda, então, compartilhou prints de seguidoras que afirmaram ter visto o cantor com outras mulheres e relatou agressões físicas e verbais.

Dias depois, ela contou que sofreu estupro do ex-noivo e recebeu ameaças de morte, especialmente direcionadas à sua família.

"Ele me ameaçava. Ele dizia que eu brigava com cachorro grande. Ele dizia que ia matar minha família. Eu sentia medo, me sentia um rato num beco sem saída, era a pior sensação do mundo. Eu sabia de tudo do que ele está envolvido, das coisas ilícitas que ele fazia", contou a ruiva, na rede social, em 13 de Janeiro.

Após receber ameaças e ser citada por Borel depois da repercussão, Duda, em 14 de Janeiro, foi à 1ª DDM - Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, fazer um Boletim de Ocorrência contra ele.

Em sua defesa, ela citou ameaça, estupro de vulnerável, injúria, lesão corporal, transmissão de HPV e violência doméstica. Além disso, a estrela conseguiu medidas protetivas de urgência contra o cantor.

E enquanto ele nega todas as acusações, Duda segue tentando reformular sua vida após viver diversos traumas ao longo de quase três anos.

A atriz deixou o Rio de Janeiro e se mudou para um apartamento em São Paulo, onde já foi escalada para novos trabalhos. Ela também apagou as fotos ao lado do cantor das redes sociais.

Com exercícios físicos diários e boas sessões de terapia, a ruiva se tornou mais uma mulher de exemplo e incentivo para muitas. Longe de toda a escuridão da antiga vida, ela segue com o apoio da família e dos seus mais de 8,6 milhões de seguidores no Instagram, onde conquistou mais de 5 milhões após denúncias.

Judicialmente, a atriz está sendo amparada pelas advogadas Izabella Borges e Gizelly Bicalho, ex-BBB20; e acaba de iniciar uma jornada eterna de apoio a muitas mulheres que vivem ou viveram os mesmos traumas, tanto nas redes sociais quanto na vida.