Príncipe Harry está com "coração partido" por afastamento da família

Amigo do príncipe falou sobre a situação "dolorosa" que ele vive após deixar a realeza. Confira!

por Lindsay Weinberg | Traduzido Por Miriam Kaibara | 18 jan, 2021 18:14Tags
Meghan Markle, Prince HarryShutterstock

Príncipe Harry e Meghan Markle, que começaram uma nova vida, nos Estados Unidos, parecem animados com vários projetos, como seu podcast no Spotify. No entanto, Harry ainda sofre pelo contínuo afastamento de sua família. 

Há um ano, o casal decidiu se afastar como membros reais seniores. Eles então se mudaram para uma casa em Montecito, na Califórnia, com seu filho de 1 ano, Archie, e já assinaram vários contratos como o firmado com a Netflix.

No entanto, o amigo do casal e jornalista Tom Bardby falou sobre a relação tensa dos dois com a família real, em entrevista ao Love Your Weekend, da ITV, que foi ao ar nesse domingo, 17. 

Tom disse que Harry está "de coração partido sobre a situação com sua família", que ele ressaltou "claramente não ser a ideal", adicionando que "tem sido um ano muito difícil para todos eles". 

"A coisa toda tem sido tão incrivelmente dolorosa, que é óbvio para todos. É doloroso por toda a parte, para todos, é difícil de administrar", revelou ele. 

leia também
Meghan Markle e Príncipe Harry lançam podcast no Spotify

"Ainda há muitos sentimentos feridos de todos os lados e é muito difícil... Eu acho que o público desesperadamente quer que eles fiquem bem e que todos estejam felizes e claramente a situação não foi essa no último ano. Não é uma situação muito fácil ou confortável e acho que nunca será", continuou. 

Karwai Tang/WireImage

E sobre a nova vida do casal na Califórnia, ele revelou: "Eu acho que eles estão se sentindo melhor, sim. Então, eles estão infelizes? Não, acho que eles estão contentes, eles estão bastante animados com as coisas que estão fazendo".

"Acho que eles estão muito felizes na realidade, mas acho que eles lutam com sua posição na vida, acho que eles todos lutam. Creio que William também, não acho que ele ache fácil".

Desde que o Duque e a Duquesa de Sussex decidiram "deixar completamente a família real", Bradby explicou que "ninguém ainda está absolutamente ciente sobre como isso vai funcionar".

"Você tem que lembrar que não é apenas uma família, é uma empresa. Eles estão nos negócios do serviço público em uma plataforma muito elevada e exposta e e até certo ponto, eles estão todos presos juntos. E isso cria muitas tensões que as pessoas talvez vejam com relativa clareza de fora, mas ao mesmo tempo eles estão tentando ser uma família", afirmou.

No último ano, rumores circularam que as tensões estavam graves entre Harry e William. Os irmãos não estariam se dando bem desde que o ruivo se mudou para os EUA, com a pandemia do coronavírus tornando as viagens mais difíceis. 

Chris Jackson/Getty Images

Em novembro, Príncipe Harry teve que comemorar o Remembrance Day sozinho com a esposa, no Cemitério Nacional de Los Angeles, depois que o palácio se recusou a colocar coroas em seu nome.

Mais tarde naquele mês, uma fonte próxima a Harry tentou encerrar os boatos sobre um confronto dentro da família, após o lançamento de uma investigação da BBC sobre uma entrevista de 20 anos atrás com a princesa Diana.

A fonte disse ao E! News: "Infelizmente, algumas pessoas não estão vendo isso apenas como uma busca pela verdade, mas também tentando usar isso como uma oportunidade para começar uma divisão entre os irmãos".

A fonte acrescentou: "Você não precisa de uma declaração pública para imaginar como ele está se sentindo em particular, as pessoas sabem o quanto sua mãe significa para ele".

Esta semana, Bradby admitiu que Meghan e Harry foram colocados em uma "posição difícil" por anos. Ele se lembrou de documentar a turnê africana do casal, em 2019, chamando o trabalho de "um projeto muito complexo psicologicamente, porque eles estavam claramente em uma posição difícil e não estavam se sentindo bem, e eu percebia a extensão disso quanto mais eu ficava lá".

Joe Giddens/PA Wire via AP Images

Em seu documentário Harry & Meghan: An African Journey, o repórter perguntou à Meghan como ela estava.

"Obrigada por perguntar, porque muitas pessoas não perguntaram se estou bem. Mas é uma coisa muito real", disse a ex-atriz de 39 anos na época. "Nunca pensei que isso seria fácil, mas pensei que seria justo. E essa é a parte que é realmente difícil de conciliar".

Em 2020, Harry e Meg celebraram o Dia de Ação de Graças e o Natal em sua casa em Santa Bárbara. Seu cartão de Natal anual mostrava uma ilustração da família Sussex, com Archie exibindo seu cabelo ruivo.

 

Meghan Markle e seus últimos momentos reais