Paulinho, do Roupa Nova, morre aos 68 anos após contrair Covid-19

O vocalista da banda passou por um transplante de medula em setembro e foi internado mês passado com coronavírus.

por Miriam Kaibara 15 dez, 2020 13:38Tags
Recomendado para você: Paulinho, do Roupa Nova, morre aos 68 anos após contrair Covid-19

Paulo César Santos, mais conhecido como Paulinho, vocalista do Roupa Nova, faleceu aos 68 anos, nessa segunda-feira, 14. Paulo estava internado em hospital do Rio após contrair a Covid-19.

Em setembro, ele se submeteu a um transplante de medula óssea para tratar de um linfoma, que usou as próprias células do músico, e respondeu bem ao tratamento. No entanto, em novembro, Paulo contraiu coronavírus e precisou ser internado mais uma vez.

A assessoria de imprensa de Paulinho informou ao G1 que ele já não estava mais infectado pela Covid-19, mas seu quadro de saúde teve complicações devido à doença. 

leia também
Leticia Colin revela que ela, marido e filho de 1 ano tiveram Covid-19
Instagram/@roupanova

Em entrevista à Quem, a filha do cantor, Twigg, falou sobre o tratamento do pai.

"Talvez se ele não tivesse ficado imunodeficiente, não tivesse tido esse grande problema (de contrair o novo coronavírus). Isso foi o que fez as coisas ficarem mais graves. Ele ainda estava no processo de recuperação (quando foi infectado pela Covid-19)", contou.

Twigg ainda revelou que o músico reagiu bem ao tratamento e continuou trabalhando.

"Na verdade, não parecia que ele tinha nada. Ele já tinha tido um linfoma em 2009, curou e este ano apareceu de novo. A gente ia para a químio conversando, ele voltava dirigindo. Ele nunca dava muita importância, nunca se deixou abater. Sempre buscou fazer a químio na terça ou na quarta porque ele não tinha náusea, nada disso, mas ficava como se estivesse de ressaca no dia seguinte à sessão. Então ele dizia que tinha que trabalhar na sexta. Ele passou os dois linfomas trabalhando. Só por duas ou três vezes que não conseguiu fazer os shows. Na maioria das vezes, ele nunca parou de trabalhar. Exatamente por isso que ele queria muio fazer o transplante".

leia também
Eduardo Galvão morre aos 58 anos, vítima de Covid-19

Paulo entrou para a banda Os Famks, nos anos 1970, que em seguida se tornou Os Motokas, para finalmente receber o nome de Roupa Nova

Ao lado de Serginho Herval, Kiko, Nando, Ricardo Feghali e Cleberson Horsth, a banda virou um fenômeno nos anos 1980 e se consagrou a partir do segundo disco da carreira. Um dos hits do álbum, "Clarear", virou tema da novela global Jogo da Vida. A partir daí eles tiveram dezenas de músicas tocadas em trilhas de novelas.

Paulinho deixa dois filhos, Pepê, baterista e produtor musical, e Twigg, que é cantora e compositora.