Letícia Spiller sobre Marcius Melhem: "Pessoa querida, de bom coração"

Em entrevista ao canal do YouTube Programa Reclame, a atriz falou sobre a polêmica e deu sua opinião sobre o acusado.

por Sally Borges 09 dez, 2020 17:26Tags
Recomendado para você: Letícia Spiller sobre Marcius Melhem: "Pessoa querida, de bom coração"

Letícia Spiller decidiu dar sua opinião sobre os casos de assédios contra Marcius Melhem. Em entrevista ao canal do YouTube Programa Reclame, Spiller disse que Melhem virou o "mártir da situação" e que tem "bom coração".

"Já ouvi outros casos de assédio, de diretores que abusam do poder para assediar uma jovem atriz. Teve vários casos de várias pessoas diferentes, não só Marcius", explicou a loira. "O Marcius está virando o mártir da situação, mas tiveram muitos outros casos na empresa".

A atriz revelou que iniciou a carreira no teatro ao lado do ex-diretor da Globo e que o vê como "uma pessoa querida".

"Conheci o Marcius e ele nunca me pareceu uma pessoa que fizesse esse tipo de coisa tão agressiva. É uma pessoa muito querida", disse ela.

"É duro receber uma notícia de uma pessoa querida, de bom coração. Mas acho que as mulheres têm de ter coragem para falar. Esse tipo de coisa não pode existir".

leia também
Deborah Secco se irrita com comparação de Eduardo Galvão e Marcius Melhem

Além disso, Spiller contou que teve "a sorte" de nunca ter sofrido o que Dani Calabresa sofreu com Melhem.

"Porque se eu tivesse sofrido, eu ia colocar a boca no mundo na hora, não iria esperar quatro anos. Por um lado acho muito bacana que as mulheres têm mais voz, mas por outro acho que demorou muito pra fazer essa denúncia".

"Não concordo com essa demora em fazer essa denúncia tanto tempo depois. Quem tá vendo fica questionando por que demorou tanto a fazer essa denúncia".

Marcius Melhem foi acusado de assédio, moral e sexual, por Dani Calabresa e outras profissionais da Rede Globo.

O caso ganhou mais repercussão quando a revista Piauí, na semana passada, reuniu testemunhos de mais de 40 pessoas e expôs os assédios que a humorista enfrentou do chefe, assim como a forma que a emissora tratou a acusação.