Maria Gal lança "O Meu Lugar no Mundo", projeto audiovisual contra o racismo

A atriz se juntou à diretora Kelly Castilho para ressignificar ofensas racistas em campanha. Assista!

por Miriam Kaibara 19 nov, 2020 17:31Tags
Maria GalInstagram/@mariagalreal

A atriz Maria Gal acaba de lançar o projeto audiovisual "O Meu Lugar no Mundo", em parceria com a diretora Kelly Castilho. Com a campanha, Maria tem o objetivo de ressignificar as ofensas racistas. 

O trabalho, produzido por uma equipe majoritariamente negra, conta com a participação de Maria, além da atriz mirim Duda Pimenta e do ex-goleiro Aranha, que também foram vítimas de ataques racistas.

Há 4 meses, Maria foi atacada no Instagram, sendo chamada de "macaca" por um seguidor após não ter respondido uma mensagem enviada por ele. 

leia também
Modelos se unem em projeto que denuncia racismo e busca inclusão

"Postei essa mensagem para educar este e outros fãs. O fato de eu não responder uma mensagem não dá o direito de me ofender ou ter qualquer atitude racista. Hoje estou postando. Amanhã vou buscar os meus direitos legais", disse a musa.

No vídeo, o trio passa importante mensagem antirracista. "Um lado da história nos conta que somos feios, incapazes e até nos comparam a animais irracionais. Há milhares de anos tentam nos diminuir por ser quem somos. Mas quer saber? Se você quer me comparar a um animal extremamente inteligente, carinhoso e que cuida ferozmente da sua comunidade e de quem ama. Pode me comparar. Suas ofensas não fazem mais sentido pra mim".

"Precisei me conhecer e apender a ressiginificar o meu lugar no mundo e na sociedade", diz Duda. 

"O que te incomoda é a minha força. Então entenda, a minha pele não é o que me define como pessoa. É o que me identifica como povo. Nós somos a pluralidade e a diversidade que existe nesse país".

"A história precisa ser recontada e reparada. Não há mais nada que possa nos parar!", finaliza o trio.

Assista ao vídeo acima!