Harry Styles posa de vestido e faz história na capa da Vogue

De vestido, o cantor estrela a capa da última edição de 2020 da Vogue. Veja!

por Samantha Schnurr | Traduzido Por Sally Borges | 13 nov, 2020 19:16Tags
Recomendado para você: Harry Styles posa de vestido e faz história na capa da Vogue

Harry Styles fez história com sua nova capa da Vogue. Harry, que fará novo filme, foi o primeiro homem a aparecer sozinho na capa da icônica revista de moda em todos os seus 127 anos de história.

Embora seja um momento histórico para ele como homem, o cantor que sempre distorce o gênero apareceu na edição de dezembro com uma jaqueta Gucci e um nada menos que vestido.

O jovem de 26 anos discutiu sobre a dissolução de regras e normas de gênero na moda, dizendo à Vogue: "As pessoas que eu admirava na música – Prince, David Bowie, Elvis [Presley], Freddie Mercury e Elton John – são tão showmen. Quando criança, era completamente alucinante. Agora, eu vou vestir algo que pareça realmente extravagante e não me sinto maluco usando isso".

Elaborando sua filosofia fashion, o artista continuou: "Acho que se você consegue algo que o faz sentir incrível, é como uma roupa de super-herói. As roupas existem para se divertir, experimentar e brincar. o que é realmente empolgante é que todas essas linhas estão se desintegrando. Quando você ignora que ‘Há roupas para homens e há roupas para mulheres', depois de remover quaisquer barreiras, obviamente você abre a arena na qual pode jogar. Às vezes vou às lojas e me pego olhando roupas de mulheres, pensando como são incríveis".

leia também
Watermelon Sugar, de Harry Styles, fala sobre o que?

Ao ignorar quaisquer normas de moda tradicional, a estrela emergiu como um ícone de estilo em formação para uma nova geração. "É como qualquer coisa – sempre que você coloca barreiras em sua própria vida, está apenas se limitando. Há muita alegria em brincar com roupas. Nunca pensei muito sobre o que isso significa – simplesmente se torna essa parte estendida da criação de algo".

O mesmo pode ser dito sobre fazer música. Durante sua entrevista, Harry refletiu sobre a diferença entre seu primeiro e segundo álbum. "Eu estava descobrindo qual era meu som como artista solo", lembrou ele.

"Acho que no segundo álbum, eu deixei de lado o medo de errar... e foi muito satisfatório e libertador. Acho que é tão importante evoluir com a música – e isso se estende a roupas, clipes e tudo mais. É por isso que você olha pra trás, para David Bowie com Ziggy Stardust ou The Beatles e suas diferentes épocas – esse destemor é super inspirador".

Tyler Mitchell//Vogue

Embora seja um artista inegavelmente confiante hoje, Styles já teve seu medo dos palcos no início da carreira. Segundo a publicação, ele costumava vomitar antes das apresentações.

"Eu sempre achei que fosse dar errado ou algo assim", acrescentou ele. "Mas eu me senti muito sortudo por ter um grupo de fãs incrivelmente generosos. Eles são generosos emocionalmente – e quando vão para o show, dão tempo de criar essa atmosfera que sempre achei tão amorosa e receptiva".   

Confira abaixo os melhores looks de Harry Styles: