Última Hora

Chadwick Boseman morre aos 43 anos após batalha contra o câncer

O astro faleceu aos 43 anos. A notícia foi divulgada no dia 28 de agosto.

por McKenna Aiello | Traduzido Por Guilherme Della Negra | 29 ago, 2020 19:23Tags
Recomendado para você: Chadwick Boseman morre aos 43 anos após batalha contra o câncer

Chadwick Boseman morreu aos 43 anos após uma batalha contra um câncer de cólon.

A notícia de que o ator faleceu foi confirmada em um comunicado nas contas dele em redes sociais nessa sexta-feira, 28 de agosto.

"É com um grande pesar que confirmamos a morte de Chadwick Boseman", foi dito no comunicado. "Chadwick foi diagnosticado com um câncer nível 3 no cólon em 2016. Ele batalhou durante os últimos 4 anos e o câncer evoluiu para o 4º estágio. Um verdadeiro lutador, Chadwick lidou com tudo isso e trouxe os filmes que vocês amam tanto".

De acordo com o comunicado, Boseman morreu em casa, com a sua esposa, Taylor Simone Ledward, e sua família ao seu lado.

"A família agradece por todo o amor e pede para que vocês respeitem a privacidade deles nesse momento difícil", concluiu o comunicado.

leia também
Chadwick Boseman ganha Melhor Ator de Cinema no E! People’s Choice Awards 2018

Boseman nasceu em 1976, cresceu na Carolina do Sul, Estados Unidos, e estudou na Universidade de Howard, faculdade na qual ele se formou como bacharel em artes plásticas e em direção. A carreira dele começou com papéis menores na TV, mas a sua atuação como Jackie Robinson no filme 42 e como James Brown no longa sobre a vida dele que fizeram Chadwick começar a ganhar fama no meio mainstream.

Frazer Harrison/Getty Images

Boseman então se juntou ao universo da Marvel como T'Challa, um super-herói que ele interpretou em Capitão América: Guerra Civil, Pantera Negra, Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato.

Em 2018, em uma entrevista com a Entertainment Weekly, Boseman ficou emocionado ao discutir o impacto do Pantera Negra em dois fãs mais jovens, que estavam lutando contra um câncer terminal e faleceram antes do lançamento.

"Durante as filmagens", disse ele na época. "Eu estava me comunicando com eles, sabendo que eram pacientes terminais. Os pais deles disseram que eles estavam tentando se manter firme até o lançamento do filme. Em certo ponto, é uma experiência humilde, porque você pensa: 'Isso não pode ser tão importante assim pra eles'. Mas vendo como o mundo todo recebeu o filme, eu me toquei que as pessoas estavam esperando muito".

Ele continuou: "Quando eu era criança, queria que o Natal chegasse, esperava ansiosamente o meu aniversário chegar, queria ganhar logo meus brinquedos, meus jogos. Eu realmente vivia a vida esperando por esses momentos. Eu me lembrei de como era ser criança com a animação daquelas duas crianças... e isso significou muito".

fotos
Os super-heróis e vilões mais hot