Michelle Obama envia mensagem reconfortante após revelar depressão

Depois de fazer um desabafo no novo episódio de seu podcast, a ex-primeira dama tranquilizou os seus fãs. Confira!

por Samantha Schnurr | Traduzido Por Sally Borges | 07 ago, 2020 17:55Tags
Recomendado para você: Michelle Obama envia mensagem reconfortante após revelar depressão

Michelle Obama não quer que você se preocupe com ela. Michelle deixou os seus fãs preocupados depois de mencionar, em novo episódio de seu podcast, que "está lidando com alguma forma de depressão de baixo grau" como resultado desses tempos históricos.

No entanto, um dia depois, a ex-primeira dama dos Estados Unidos abordou a preocupação com sua cabeça através de uma mensagem para os admiradores nas redes sociais. "Eu só queria entrar em contato com todos, porque muitos de vocês estão me consultando depois de ouvir o podcast desta semana. Primeiro de tudo: estou indo muito bem", garantiu ela no Instagram. "Não há razão para se preocupar comigo".

Como Michelle explicou, sua preocupação é com os trabalhadores que estão na linha de frente, os ativistas do Black Lives Matter e as famílias que estão tomando decisões sobre as escolas em meio à pandemia.

"Como eu disse naquela conversa com @Michele__Norris, estou pensando nas pessoas por aí se arriscando pelo resto de nós – médicos, enfermeiros e trabalhadores essenciais de todos os tipos", explicou ela. "Estou pensando nos professores, alunos e pais que estão apenas tentando descobrir a escola para o outono. Estou pensando nas pessoas que estão por aí protestando e se organizando por um pouco mais de justiça em nosso país".

leia também
Michelle Obama e mais estrelas celebram o Dia Internacional da Mulher

A ex-primeira dama também mandou palavras de apoio para quem está lutando com o modo como as coisas estão atualmente – porque os tempos estão, de fato, mais difíceis.

"A ideia pelo o que o país está passando não deve ter nenhum efeito sobre nós – que todos nós devemos nos sentir bem o tempo todo – que simplesmente não parece real para mim. Então, espero que todos estejam se permitindo sentir o que vocês estão sentindo".

"Espero que vocês estejam se ouvindo e aproveitando um momento para refletir sobre tudo o que está por vir e o que você pode fazer sobre isso".

Larry Marano/Shutterstock

Michelle, então, deixou aos seus fãs uma última sugestão.

"E a todos vocês que entraram em contato, obrigada. Espero que vocês também estejam alcançando todos aqueles que estão mais próximos, não apenas com uma mensagem de texto, mas talvez com uma ligação ou chamada de vídeo. Não tenha medo de oferecer a eles um ombro para se apoiar ou para você mesmo. Eu amo todos vocês", finalizou ela.

Em seu mais recente episódio, na quarta-feira, 5, a musa explicou à jornalista Michele Norris que ela passou "por altos e baixos emocionais que acho que todo mundo sente onde você simplesmente não sente" durante esta pandemia. Enquanto discutia suas rotinas diárias, ela observou que houve "uma semana mais ou menos" em que "eu tive que me render a isso e não ser tão duro comigo mesma" e não fazer seu treino pessoal.

"Estes não são... tempos espirituais satisfatórios, então eu sei que estou lidando com alguma forma de depressão de baixo grau", compartilhou ela, "não apenas por causa da quarentena, mas por causa da disputa racial e apenas por ver essa administração".