Festival Born to Fashion: Duda Beat, Lila Colzani e Herchcovitch refletem sobre moda

A indústria vai se transformar pós pandemia?

por Fernanda Basso 01 ago, 2020 22:39Tags
Duda Beat, Alexandre Herchcovitch, Lila ColzaniInstagram/@dudabeat/@alexandreherchcovitch/@lilacolzani.jpg

Ninguém sabe quando a pandemia vai acabar, mas uma coisa todo mundo sabe: as coisas estão mudando! E com a indústria da moda não é diferente. Neste sábado, durante o Festival E! Born to Fashion, Lila Colzani, especialista do reality Born to Fashion, Alexandre Herchcovitch, convidado especial do programa e Duda Beat, uma das atrações do evento de lançamento do show, trocaram uma ideia sobre como será a moda pós pandemia.

Questionada por Lais Ribeiro, host do programa e do festival, Lila revelou qual o rumo que a moda vai tomar após esse período: "Eu acho um pouco cedo para uma previsão. A moda é um reflexo do nosso tempo, ela segue as grande transformações pelas quais o mundo passa. Se você pegar a Guerra Mundial de exemplo, pós primeira guerra, as mulheres tiveram que assumir postos de trabalho que antes eram dos homens e o figurino delas teve que ser reinventado totalmente. Então, eu acho que as marcas vão precisar prestar atenção nos sinais que a sociedade vai dando em relação ao novo comportamento que ainda vai surgir e diante destes sinais, entender quais caminhos serão seguidos".

Em relação as tendências pós pandemia, Duda opinou: "Não existe regra. Eu acho que moda é para gente se divertir, para gente ser o que é. Não acho justo a gente querer se adequar  à moda, a moda que deve se adequar à gente. Eu acho que a pandemia veio para nos mostrar isso, uma nova forma de produzir e consumir".

leia também
As curiosidades sobre a vida de Lais Ribeiro, musa de Born to Fashion

Já questionado por Alice, nossa especialista do reality, Alexandre comentou sobre o mercado de luxo pós pandemia: "O que está acontecendo agora é que as pessoas estão pensando mais, então, você quer que dure mais, você quer que seja um tecido repelente, um tecido anti viral. Então hoje, todos esses argumentos, que antes eram esboços de argumentos para você fazer uma venda, vender um produtor, hoje, são coisas que vão ser definitivas para o consumidor decidir consumir. Esses são os argumentos que vão começar a fazer diferença desta pandemia em diante na hora da escolha do consumo. Muitos assuntos que até então eram esboço de assunto, tipo sustentabilidade, agora têm obrigação de fazer acontecer".

leia também
Os cliques mais deslumbrantes de Lais Ribeiro, de Born to Fashion