Kim Kardashian volta para casa após encontro emocionante com Kanye West

A estrela de Keeping Up With the Kardashians visitou o marido em Wyoming e retornou para a sua mansão. Saiba mais detalhes!

por Jess Cohen | Traduzido Por Sally Borges | 29 jul, 2020 15:26Tags
Recomendado para você: Kim Kardashian volta para casa após encontro emocionante com Kanye West

Kim Kardashian voltou para sua casa em Los Angeles após visitar Kanye West em Wyoming. Kim retornou na terça-feira, 28, após uma curta viagem para a cidade onde Kanye está atualmente.

Uma fonte do E! News revelou que a estrela de Keeping Up With the Kardashians chegou em casa sem o marido, que permaneceu no rancho da família. A estrela visitou o marido no domingo, 26. 

Durante a visita, o casal foi visto passeando juntos, o que, segundo o informante, foi "muito emocionante". O encontro ocorreu logo após o rapper se desculpar publicamente com sua esposa pelos seus últimos tweets polêmicos, incluindo um do qual ele disse que gostaria de se divorciar há dois anos.

"Eu gostaria de me desculpar com minha esposa Kim por tornar público algo que era um assunto privado", escreveu ele no Twitter. "Eu não a protegi assim como ela tem me protegido".

"Para Kim eu quero dizer que eu sei que te machuquei. Por favor, me perdoe. Obrigado por sempre estar lá por mim", acrescentou.

leia também
Kanye West vai às compras após receber apoio em Wyoming

Após uma série de declarações do marido, a estrela foi às redes sociais para falar sobre a saúde mental do marido.

Frederick M. Brown/Getty Images

"Como muitos de vocês sabem, Kanye tem transtorno bipolar. Qualquer pessoa que tenha isso ou tenha um ente querido na vida com isso, sabe o quão incrivelmente complicado e doloroso é entender", iniciou a musa. "Eu nunca falei publicamente sobre como isso tem nos afetado em casa porque eu sou muito protetora dos meus filhos e com o direito de Kanye à privacidade quando se trata da saúde mental dele. Mas hoje, sinto que devo comentar sobre isso por causa do estigma e equívocos sobre a saúde mental".

Kim Kardashian/Instagram

Kim, que é mãe de quatro filhos com Kanye, acrescentou que "aqueles que entendem a doença mental ou mesmo o comportamento compulsivo sabem que a família não tem poder, a menos que o membro seja menor de idade. As pessoas que desconhecem ou estão distantes dessa experiência podem julgar e não entender que o próprio indivíduo se engajar no processo de obter ajuda, por mais que a família e os amigos tentem".

Ela ainda pediu por compreensão e privacidade. "Nós, como sociedade, falamos em dar graça à questão da saúde mental como um todo, mas também devemos dar às pessoas que vivem com isso nos momentos em que mais precisam".