Penn Badgley, de You, se manifesta sobre acusações contra Chris D’Elia

O ator compartilhou sua opinião sobre as acusações feitas contra o colega de elenco e refletiu se a série é mais problemática do que ele pensava.

por Cydney Contreras | Traduzido Por Sally Borges | 24 jun, 2020 14:46Tags
Recomendado para você: Penn Badgley, de You, se manifesta sobre acusações contra Chris D’Elia

Penn Badgley se manifestou sobre as recentes acusações feitas contra seu colega de elenco, Chris D'Elia. Penn disse que se sentiu "muito perturbado" com as alegações de assédio sexual e aliciamento, incluindo menores.

O ator de You explicou que as supostas ações de Chris se referem a uma questão "sistêmica" maior, que também o levou a questionar se a série de sucesso está causando mais mal do que bem aos telespectadores.

Na trama, o astro interpreta um assassino encantador chamado Joe Goldberg, no qual faz amizade com um comediante que agride sexualmente jovens em busca de orientação profissional.

"Eu também estou pensando em como, de alguma forma, a ideia, de que um programa como o nosso seria indiretamente, inconscientemente, um paraíso para as pessoas que são abusivas, é perturbadora. É muito perturbador", disse Penn. "O que é preciso para mudar isso? Porque não é apenas examinar os indivíduos. É preciso haver uma mudança na cultura e na atitude para que esse tipo de comportamento seja tão claramente repreensível, seja tão claramente como anti-humano".

leia também
Chris D'Elia, de You, é acusado de assediar menores

O eterno ator de Gossip Girl revelou ainda que as acusações contra Chris levaram os produtores a falar com Jenna Ortega, a atriz de 17 anos que atuou ao lado dele na segunda temporada, "para garantir que ela se sentiu segura". Jenna ainda não falou sobre as acusações publicamente.

Ele ressaltou que todos desejam que o set seja um lugar onde os atores "possam se sentir sãos e salvos", mesmo que a atração mostre assuntos obscuros, como o assédio sexual e a perseguição.

No dia 17 de junho, Chris disse ao TMZ, através de comunicado, que "nunca perseguiu conscientemente mulheres menores de idade a qualquer momento".

"Todos os meus relacionamentos foram legais e consensuais e nunca conheci ou troquei fotos inapropriadas com as pessoas que twittaram sobre mim", afirmou. "Dito isto, eu realmente sinto muito. Eu fui um cara idiota que ABSOLUTAMENTE me deixei envolver no meu estilo de vida. Isso é culpa minha. Eu sou o dono. Tenho refletido sobre isso há algum tempo e promete que continuarei a fazer melhor".

Lifetime

Penn continuou a entrevista refletindo sobre a série de sucesso da Netflix.

"Você sabe, na medida que o assunto é conflitante e desafiador nesse sentido, tentando criar essa cultura, um programa como o nosso ajuda a criar essa cultura? Bom, eu sei que pelo menos o nosso programa está tentando ser – pensando nas coisas de uma maneira desmanteladora e descontruída. Eu espero que pelo menos o nosso programa não esteja servindo para sustentar esse tipo de modos de ser e esses sistemas, certo?".

Em janeiro deste ano, o ator também refletiu sobre You e disse que se sentia "incomodado" com o fato do protagonista ser desejado pelas telespectadoras.