Palácio rebate "falso" rumor sobre Kate Middleton envolvendo Meghan

Veja o que o Palácio de Kensington tem a dizer sobre notícia da Duquesa de Cambridge em matéria da Tatler

por Jess Cohen | Traduzido Por Miriam Kaibara | 27 mai, 2020 16:00Tags
Recomendado para você: Palácio rebate "falso" rumor sobre Kate Middleton envolvendo Meghan

Kate Middleton, que celebrou 9º aniversário de casamento com Príncipe William, foi envolvida em "falso" rumor sobre intriga com Meghan Markle. E nesta quarta-feira, 27, o Palácio de Kensington emitiu comunicado para esclarecer a polêmica sobre Kate

Tudo começou após a revista Tatler publicar uma matéria alegando que a Duquesa de Cambridge estava "exausta"após a saída de Meghan e Príncipe Harry da realeza. 

"Essa história contém uma série de imprecisões e falsas declarações que não foram colocadas ao Palácio de Kensington antes da publicação", disse um porta-voz do palácio.

Em resposta, um porta-voz da Tatler alegou: "O editor-chefe da Tatler Richard Dennen apoia a reportagem de Anna Pasternak e de suas fontes".

"O Palácio de Kensington sabia que estávamos fazendo a capa de 'Catherine, a grande' há meses e nós pedimos para eles trabalharem nisso com a gente. O fato de eles negarem que sabiam é categoricamente falso", continuou o comunicado. 

Na matéria, uma suposta amiga de Kate revelou: "Kate está furiosa sobre a grande carga de trabalho. É claro que ela está sorrindo e se vestido apropriadamente, mas ela não quer isso. Ela se sente exausta e presa. Ela está trabalhando duro como a principal CEO, e tem que ser levada a diversos lugares a todo tempo, sem os benefícios de limites e muitas férias". 

Outra "amiga" de Kate e William também deu seu depoimento discutindo sobre a saída da realeza de Meghan e Harry.

leia também
Harry e Meghan Markle se reúnem com William e Kate Middleton após saída da realeza

"Meghan e Harry tem sido tao egoístas. William e Catherine realmente querem ser ativos na criação dos filhos e os Sussexes efetivamente jogaram as três crianças debaixo de um ônibus. Lá se vão as aulas matinais, já que as responsabilidades sobre eles agora são enormes", revelou.

BBC

Harry e Meghan anunciaram sua decisão de abandonar os cargos reais no início de 2020. 

"Após muito meses de reflexão e discussões internas, nós escolhemos fazer a transição neste ano e começar a criar um progressivo novo papel nessa instituição. Nós pretendemos nos afastar como membros 'seniores' da Família Real e trabalhar para nos tornarmos financeiramente independentes, enquanto continuamos a apoiar totalmente Sua Majestade, a Rainha".