Ezra Miller surge em vídeo supostamente sufocando uma mulher

O ator se tornou notícia nesta segunda-feira, 6, após surgir agarrando uma mulher pelo pescoço

por Samantha Schnurr | Traduzido Por Miriam Kaibara | 06 abr, 2020 17:49Tags
Recomendado para você: Ezra Miller surge em vídeo supostamente sufocando uma mulher

Ezra Miller, ator de Liga da Justiça, deu o que falar nesta segunda-feira, 6. Ezra se tornou notícia após surgir em vídeo supostamente enforcando uma mulher. 

O clipe, que foi divulgado no Twitter mostra o ator dizendo: "Você queria brigar? É esse o acordo?". A mulher então começa a mover os braços enquanto caminha em direção a ele.

Em seguida, Ezra parece segurar seu pescoço e empurrá-la contra o que parece ser um veículo atrás dela. Ele parece continuar a empurrá-la no chão, quando alguém atrás da câmera diz: "Uau, mano, mano, mano, mano, mano", quando as pessoas parecem se aproximar deles.

"Quer lutar?", disse Miller gritando fora da câmera.

leia também
Ezra Miller, de Liga da Justiça, beija fã na Comic-Con 2017

O E! News confirmou que o incidente aconteceu no pub Prikio Kaffihús, na Islândia. Segundo a Variety, o vídeo foi gravado por volta das 6 da tarde no dia 1º de abril e uma fonte no pub identificou o homem no vídeo como Miller. Citando a fonte, a Variety revelou que o ator foi confrontado por um grupo de fãs descrito como "bastante insistente". A revista também disse que a equipe do bar o escoltou para fora do local. A polícia não foi chamada. 

Uma fonte do estabelecimento disse ao E! News que este incidente foi levado a sério e o Prikið não tolera nenhum tipo de violência.

Não é certo de onde o vídeo se originou ou o que aconteceu antes e depois do que é mostrado nos 15 segundos de filmagem. 

Nas redes sociais, os fãs se mostraram chocados com o vídeo. 

"Eu sou fã de Ezra Miller desde que o vi em As Vantagens de Ser Invisível, há cerca de 8 anos. Eu amei tudo o que ele fez desde então e estava tão animado para vê-lo em The Flash e no terceiro filme de Animais Fantásticos, mas esse vídeo é imperdoável", escreveu um internauta no Twitter.