Selena Gomez revela que foi diagnosticada com transtorno bipolar

Ela falou sobre o transtorno pela primeira vez!

por Samantha Schnurr | Traduzido Por Guilherme Della Negra | 03 abr, 2020 21:49Tags
Recomendado para você: Selena Gomez revela que foi diagnosticada com transtorno bipolar

Selena Gomez , que sofreu abuso emocional em namoro com Bieber, está abrindo o seu coração para os fãs!

A cantora de 27 anos sempre foi muito aberta sobre a sua batalha contra a ansiedade e a depressão, mas nesta sexta-feira, 3, ela dividiu pela primeira vez que também é bipolar.

Ao conversar com Miley Cyrus em seu programa do Instagram Live, Bright Minded, Selena se abriu e revelou como ter se informado mais sobre o transtorno a ajudou.

Quando Cyrus questionou Gomez qual era o conselho dela para as pessoas que têm medo de falar sobre saúde mental, Gomez respondeu: "Recentemente, eu fui em um dos melhores hospitais psiquiátricos e estava discutindo que, após vários anos passando por mil experiências, eu me toquei de que sou bipolar. Então, quanto mais informação você tem, mais isso te ajuda. O distúrbio não me assusta mais quando eu sei [meu diagnóstico], mas as pessoas se assustam com isso".

"Eu já vi isso acontecer até em minha família", adicionou.

leia também
Selena Gomez revela quais suas séries, filmes e músicas favoritas para se distrair na quarentena

A estrela adicionou que as pessoas não agem como se falar sobre saúde mental fosse algo normal. Ao invés disso, as pessoas tentam "parecer bem", o que acaba internalizando muita raiva e frustrações.

Broadimage/Shutterstock

"Quando eu finalmente soube tudo sobre o que eu tinha, o medo desapareceu", ela comentou. "Quando eu era pequena, eu tinha muito medo de trovões e minha mãe me deu vários livros sobre tempestades. Ela disse: 'Quanto mais você se educar sobre isso, menos você vai ter medo'. Isso funcionou completamente e é algo que sempre me ajuda".

Gomez não é a única celebridade de Hollywood que sabe o que é ser bipolar. A sua colega de trabalho na Disney, Demi Lovato, também disse ter o transtorno em 2011.