Por que o filme A Casa está sendo comparado a Parasita

Saiba mais sobre o longa espanhol que está dando o que falar!

por Miriam Kaibara 04 abr, 2020 10:00Tags
A Casa, NetflixDivulgação/Netflix

Nesse difícil período em que vivemos durante a pandemia do coronavírus é essencial que todos sigam as instruções de cientistas, médicos e da OMS (Organização Mundial da Saúde) e se puderem, fiquem em casa. E como resultado da quarentena, as pessoas estão todos os dias tentando encontrar atividades que as alegrem um pouco no isolamento, e uma delas é assistir filmes em casa. 

Pensando nisso, decimos fazer uma indicação do filme A Casa, da Netflix, que já está no top 10 do streaming há semanas. O longa espanhol com direção e roteiro de David Pastor e Àlex Pastor, segue o sucesso de O Poço, outro filme do mesmo país, que também já recomendamos por aqui

O enredo conta a história de Javier Muñoz (Javier Gutiérrez), um publicitário de renome, que após ficar desempregado vê sua vida mudar de cabeça para baixo. O protagonista vive com a esposa Marga (Ruth Díaz) e o filho adolescente em um apartamento de um condomínio de luxo e é obrigado a se mudar para um bairro humilde e afastado devido a questões financeiras. 

leia também
As teorias sobre o filme O Poço, da Netflix

Após se mudar, Javier começa a estacionar o carro em frente ao antigo apartamento e passa horas observando a nova família que lá reside. Obcecado com os moradores, que representam sua antiga vida, o personagem decide invadir o imóvel diariamente, com uma chave reserva que achou por acaso.

A partir daí, ele inicia um plano sem escrúpulos para ocupar o lugar de Tomás (Mario Casas), que vive com a esposa Lara (Bruna Cusí) e a filha pequena em sua antiga casa. 

Mas em que pontos o filme é comparado pelo público a Parasita, vencedor de Melhor Filme do Oscar 2020, e dirigido por Bong Joon-ho?

leia também
Os filmes nada óbvios para assistir no Netflix

É fato que o longa sul-coreano é superior em diversos pontos. Mas, muitos estão vendo alguma semelhanças entre eles devido à temática das histórias. A Casa, mesmo que de forma sutil mostra a luta de classes e o que uma pessoa é capaz de fazer para não perder seu status social. 

Além disso, os dois filmes giram em torno de uma moradia, local onde ocorrem os principais acontecimentos em ambos os filmes. 

Apesar dos comentários do público, um dos diretores do longa, Àlex Pastor, disse que não houve nenhuma inspiração na produção. "Não sei se parece. Parasita é um ótimo filme, talvez podemos ser complementares. No entanto, quem conhece o ritmo da indústria sabe que um longa-metragem precisa de um muito tempo de desenvolvimento. São coincidências. Filmamos há mais de um ano", revelou ele.