Bruna Marquezine sobre fala racista de Manu: "Ela vai perceber o erro"

Atriz se pronunciou mais uma vez sobre comentário feito pela amiga no Big Brother Brasil 20

por Miriam Kaibara 02 abr, 2020 13:59Tags
Recomendado para você: Bruna Marquezine sobre fala racista de Manu: "Ela vai perceber o erro"

Bruna Marquezine falou mais uma vez sobre fala racista de Manu Gavassi, no BBB20. Através de comentário no Instagram, Bruna disse que Manu vai "perceber o erro" e pedir desculpas. 

Após fazer post antirracista no Instagram, nessa quarta-feira, 1º, a atriz recebeu comentários perguntando se ela iria mandar essa mensagem para Manu.

Durante conversa no BBB20, a cantora disse que as cores de Daniel e Marcela "combinavam". "Pra mim, casal que a cor combina, a cor das pessoas mesmo, é muito forte. Esteticamente falando, voces são extremamente agradáveis, parabéns!", disse ela no reality. 

Como resposta, a estrela admitiu que a fala contém racismo estrutural e que a amiga irá reconhecer seu erro. 

leia também
Rodrigo Branco chama Bella Falconi de autista em vídeo após fala racista

"Não tenha dúvida que ao sair da casa eu e todas as pessoas que a amam vão alertá-la do erro que cometeu. E conhecendo ela, seus princípios, seu caráter e seu desejo de evoluir, sei que ela vai perceber o erro em sua fala, se arrepender, aprender e se desculpar", disse Marquezine.

"Agora o que vocês querem que eu faça é absurdo, que eu hostilize ou 'cancele' ou ofenda ou torça contra uma amiga de anos nas redes sociais. Eu já me posicionei a respeito do assunto na época usando como respaldo o posicionamento de uma mulher que admiro muito, Laís Gomes, constatando a falta de racismo estrutural e ainda assim não foi suficiente".

"Eu não vou e nem posso limitar ou rotular alguém por um único erro. E o quão terrível seria da minha parte fazer isso com uma irmã? Eu também não posso ser responsabilizada ou cobrada por cada erro de amiga e cidadã está sendo e será feito. E sobre este post, eu não deveria não me posicionar sobre um episódio terrível de racismo? Deveria ignorar? E me calar?", finalizou ela.