Última Hora

Príncipe Charles testa positivo para coronavírus

Veja os detalhes da saúde do membro da realeza britânica

por Jess Cohen | Traduzido Por Miriam Kaibara | 25 mar, 2020 13:43Tags
Recomendado para você: Príncipe Charles testa positivo para coronavírus

Príncipe Charles foi diagnosticado com coronavírus. Charles, de 71 anos, entra para a lista de famosos que contraíram a doença, segundo comunicado da Clarence House nesta quarta-feira, 25. 

O pai de Príncipe William e Príncipe Harry tem mostrado "sintomas leves" mas continua com uma "boa saúde". 

"O Príncipe de Gales testou positivo para o coronavírus. Eles tem apresentado sintomas leves mas permanece saudável e tem trabalhado de casa nos últimos dias, como de costume"

A Duquesa da Cornualha também fez o teste para coronavírus, mas não contraiu a doença. o casal está em auto isolamento em sua casa, na Escócia. 

"Os testes foram realizados pelo NHS em Aberdeenshire, onde atendiam aos critérios exigidos", continua o comunicado de um porta-voz da Clarence House. "Não é possível determinar de quem o príncipe pegou o vírus devido ao alto número de compromissos que ele realizou em seu papel público nas últimas semanas".

Segundo o Palácio de Buckingham, a rainha Elizabeth II "permanece em boa saúde".

"A rainha viu o Príncipe de Gales pela última vez brevemente na manhã de 12 de março e está seguindo todos os conselhos apropriados em relação ao seu bem-estar", diz o comunicado.

Na quinta-feira, 18 de março, o monarca real enviou uma mensagem de segurança encorajadora em meio à pandemia de Coronavírus.

leia também
Após diagnóstico de coronavírus, Luisa Mell pede ajuda para abrigo e se emociona

"Quando Philip e eu chegamos a Windsor hoje, sabemos que muitas pessoas e famílias em todo o Reino Unido e em todo o mundo estão entrando em um período de grande preocupação e incerteza", começou a declaração da rainha. "Todos nós estamos sendo aconselhados a mudar nossas rotinas normais e padrões de vida regulares para o bem das comunidades em que vivemos e, em particular, para proteger os mais vulneráveis dentro delas".

RONEN ZVULUN/POOL/AFP via Getty Images

"Em momentos como esses, lembro que a história de nossa nação foi forjada por pessoas e comunidades que se uniram para trabalhar como uma só, concentrando nossos esforços combinados com foco no objetivo comum", continuou a declaração. "Somos extremamente gratos pela experiência e comprometimento de nossos cientistas, médicos e serviços públicos e de emergência; mas agora mais do que qualquer momento em nosso passado recente, todos temos um papel de vital importância a desempenhar como indivíduos - hoje e nos próximos dias, semanas e meses".

"Muitos de nós precisarão encontrar novas maneiras de manter contato um com o outro e garantir que os entes queridos estejam seguros. Estou certo de que estamos à altura desse desafio", concluiu a mensagem da rainha. "Você pode ter certeza de que minha família e eu estamos prontos para fazer nossa parte."

Foi apenas na semana passada que o palácio real anunciou que o príncipe Albert de Mônaco, de 62 anos, havia testado positivo para o COVID-19.