Gravações de nova temporada de Drag Me as a Queen são adiadas

Filmagens terão início após pandemia de coronavírus ser controlada

por Fernanda Basso 17 mar, 2020 21:32Tags
Drag Me As A QueenDivulgação

A nova temporada de Drag Me as a Queen vai demorar mais um pouquinho para ir pro ar. Por conta da pandemia de coronavírus, as gravações de Drag Me as a Queen Celebridades, que começariam em abril, foram adiadas no momento pela produtora Movioca.

Pensando na saúde de todas as pessoas envolvidas em uma produção grandiosa como Drag Me, a decisão foi tomada pela produtora para garantir não só a segurança de toda a equipe que trabalha na produção da série, mas também para evitar o contágio de qualquer pessoa que poderia ter contato com os mesmos.

Em entrevista ao E!, Ikaro, Penelope Jean e Rita Von Hunty se pronunciaram sobre o assunto.

Recomendado para você: Gravações de nova temporada de Drag Me as a Queen são adiadas
leia também
Penelopy Jean, de Drag Me As A Queen, se transforma em Lady Gaga com make

"É uma pena que as gravações tiveram que ser adiadas, pois estávamos realmente muito animados e ansiosos com a nova temporada. Porém, estamos vivendo um período delicado em que a prevenção deve falar mais alto, em nome do bem estar de todos. Mas tenham certeza que a espera vai valer a pena, porque garantimos que a nova temporada vai ser babadeira!", declarou Penelope.

"Sim, as gravações do Drag Me foram suspensas. Visando a saúde e o cuidado de todos os envolvidos. Quem assiste o programa sabe que cuidar e zelar pelos outros é uma marca nossa. E não seria diferente agora. Aos fãs e amigos do Drag Me, cuidem-se! Zelem pelo todo enquanto sociedade e fiquem tranquilos, em breve - e quando autorizados- entraremos em estúdio e vocês não tem idéia do que está por vir!! Amamos vocês e estamos com saudade também!", declarou Ikaro.

"Quem acompanha meu trabalho e conhece meu posicionamento já deve saber que minha postura perante a situação e aquela que preza pelo coletivo. Uma pandemia de proporções mundiais está em curso e qualquer atitude que coloque pessoas em risco desnecessário é um desserviço ao nosso tempo", declarou Rita.