Billie Eilish, que lançou música para o novo filme do 007, tem um recado especial para os haters. Na segunda-feira, 9, Billie exibiu um vídeo para os críticos sobre o seu corpo durante o show da sua turnê mundial em Miami.

Em certo momento, a cantora de 18 anos reproduziu um registro em que exibe o julgamento sofrido devido ao seu corpo e estilo. Enquanto o vídeo era exibido, a estrela retirava as roupas até ficar de sutiã e se afundar numa piscina escura.

"Você me conhece? Você realmente me conhece?", inicia o fenômeno musical, segundo uma transcrição do The Guardian. "Você tem uma opinião sobre as minhas opiniões, sobre minhas roupas, sobre meu corpo. Algumas pessoas odeiam o que eu visto; outras pessoas elogiam. Algumas pessoas usam isso para envergonhar os outros; outras pessoas usam isso para me envergonhar".

Billie disse que pode "sentir vocês assistindo" e que "nada que eu faço passa despercebido".

"Então, enquanto eu sinto os seus olhares, suas desaprovações ou seus suspiros, se eu vivesse com eles, eu nunca seria capaz de me mover", continuou a cantora, segundo a publicação. "Você gostaria que eu fosse menor? Mais fraca? Mais suave? Mais alta? Você gostaria que eu ficasse quieta? Meus ombros provocam você? Meus peitos? Meu estômago? Meus quadris? O corpo com o qual eu nasci, não é o que você queria? Se uso o que confortável, eu não sou mulher. Se eu diminuir as roupas, eu sou uma vadia. Embora você nunca tenha visto o meu corpo, você ainda o julga e me julga por isso. Por quê?".

Ela, então, criticou seus haters por fazer suposições sobre pessoas com base em seus tamanhos.

"Nós decidimos quem eles são. Nós decidimos quanto eles valem", acrescentou a musa, segundo o jornal. "Se eu visto mais, ou menos, quem decide o que me define? O que isso significa? Meu valor é baseado apenas em sua percepção? Ou sua opinião sobre mim não é da minha responsabilidade?".

Billie Eilish, 2020 Oscars, Academy Awards

John Salangsang/BEI/Shutterstock

A estrela também falou sobre o julgamento que recebeu no passado, como na campanha da Calvin Klein, em 2019.

"Eu nunca quis que o mundo soubesse tudo sobre mim", disse ela, na campanha. "Quero dizer, é por isso que eu visto roupas grandes e folgadas – ninguém pode ter uma opinião porque não viu o que há por baixo, entende?".

E Billie ainda comentou o assunto durante entrevista para Pharrell Williams à V Magazine no ano passado.

"Eu uso roupas largas e uso o que eu quero. Eu não falo: ‘Vou usar roupas largas porque são largas'. Nunca foi assim", explicou Billie. "É mais do que isso, tipo, eu uso o que eu quero usar. Mas, claro, que todo mundo vê isso e é como ‘Ela não está querendo ser sexualizada' e ‘Ela não está querendo ser uma mulher estereotipada'. É uma coisa estranha, porque eu sei que muito do que ouço é positivo ou que as pessoas tentam ser positivas sobre como me visto".

Além disso, a cantora se abriu recentemente, em entrevista à BBC Breakfast, sobre os haters nas redes sociais. Ela disse que "parou de ler completamente os comentários" porque estava "arruinando minha vida".

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.