Ex-BBB Patrícia Leitte pensou em se suicidar após ataques no reality

A ex-sister deu depoimento em post sobre ataques que a família de Victor Hugo está recebendo de haters

por Miriam Kaibara 10 mar, 2020 16:33Tags
Recomendado para você: Ex-BBB Patrícia Leitte pensou em se suicidar após ataques no reality

Patrícia Leitte, que participou do Big Brother Brasil 18, revelou que pensou em se suicidar após sofrer ataques durante sua participação no reality. Em comentário no post da blogueira Rainha Matos, Patrícia fez desabafo nesta terça-feira, 10. 

A postagem falava sobre Victor Hugo, do BBB 20, que está sendo atacado nas redes sociais, assim como sua família. Após a blogueira revelar que muitos seguidores acharam que o Instagram do brother tinha sido hackeado, ela disse que achava que a própria família tinha tirado seu nome e foto do perfil. 

"Pois eis que nessa madrugada, postaram no feed fotos com frases de, 'Todos merecem respeito'. E eu imagino o que não tenham ido comentar no direct desse rapaz pra familia ter tomado essa atitude. Gente, uma coisa é a gente comentar, falar e fazer uma zoeira, em Instagram de fofoca e etc. Outra é você ir no direct do cara ofender ele"

leia também
Manu Gavassi tem briga épica com Victor Hugo: "Você é um falso"

"Venho aqui pedir a vocês que não ataquem o rapaz, e hoje a noite o jogo acaba pra ele, então vida que segue, sem hostilizar ele nas redes sociais. Esse ano eu fiquei sabendo que uma ex-BBB quase tenta suicidio por conta dos ataques PÓS-BBB. Ela me contou que foi muito dificil, pois era atacada diariamente, mesmo após do fim do programa.
Então venho aqui pedir um pouco de HUMANIDADE para todo mundo com o Victor Hugo, não vou nem pedir empatia, irei pedir HUMANIDADE", escreveu Rainha Matos.

Em seguida, o post recebeu comentário de Patrícia, que passou por uma situação semelhante durante o BBB 18. 

"Obrigada, Rainha! Só eu e Deus sabemos o que passei quando sai do BBB e vi tudo aqui fora! Pensei sim em me suicidar e isso não aconteceu porque Deus colocou anjos no meu caminho e minha família me deu muito amor a apoio", disse ela.

"Eu sofria por mim e por eles, me sentia mal pelo meu filho ter sofrido tantos ataques por minha causa, enfim, que as pessoas parem de confundir jogo com vida real, confinamento com liberdade, ali todos estão jogando, existem coisas que só quem está lá sabe, então o público pode ser julgar o jogador, mas não o ser humano. Se colocar no lugar do outro, saber que todos erramos, e que o jogo acaba quando o participante sai", desabafou ela.

Nesta semana, Victor Hugo está na paredão, indicado pelo líder, com Manu Gavassi, que apertou o botão no Quarto Branco, e Babu, o mais votado pela casa.