Ronaldinho Gaúcho surge de algemas e segue preso até audiência

Jogador está detido no Paraguai enquanto é investigado por uso de documentos falsos

por Miriam Kaibara 07 mar, 2020 17:35Tags
RonaldinhoClasos

Ronaldinho Gaúcho surgiu algemado ao lado do irmão Assis para uma audiência neste sábado, 7. Ronaldinho e Assis foram presos nessa sexta-feira, 6, após investigação sobre uso de documentos falsos

Segundo o site do Globo Esporte, "eles deixaram o complexo da Agrupación Especializada da Polícia Nacional do Paraguai na manhã deste sábado, onde passaram a noite em uma cela após solicitação de detenção do Ministério Público".

A prisão dos dois foi emitida como medida preventiva, pois "há o risco de fuga e o Brasil não extradita seus cidadãos", disse o promotor Oscar Legal. 

leia também
Ronaldinho Gaúcho é acusado de usar passaporte falso no Paraguai

Na última quarta-feira, 4, os dois ficaram sob custódia no Hotel Resort Yacht y Golf Club Paraguayo, onde estavam hospedados, em Assunção. O ex-jogador da Seleção Brasileira de Futebol disse que estava no país para compromissos comerciais. 

Na quinta-feira, 5, o Ministério Público do Paraguai afirmou que os passaportes dos dois foram emitidos em janeiro deste ano para cidadãos paraguaios e de acordo com a ABC TV, os números dos documentos pertencem a duas mulheres uruguaias, que vivem em Assunção.

O ministro do Interior do Paraguai, Euclides Acevedo, confirmou ao GloboEsporte.com o uso de documentos falsos. "Eles disseram que foram enganados. Que chegaram ao Paraguai com a intenção de colaborar. Mas o concreto é: ingressaram no Paraguai com passaportes falsos", revelou ele.