Bianca Andrade, que terminou o namoro com Diogo Melim, acusou Pyong de assédio. Na madrugada desta segunda-feira, 2, através do Stories, Bianca revelou que está torcendo para que Pyong saia da casa.

"Eu fiz merda, eu fiz. Mas o Pyong também fez. No mesmo dia em que eu estava bêbada, louca, Pyong também estava louco e fez um monte de coisa. Se ele não sair, aí eu realmente não vu conseguir entender. Até porque, pelo que eu vi, ele deu em cima de mim, da Marcela, da Flay, alguém me corrija se eu estiver errada", disse ela. 

"Mas se uma mulher faz merda, ela sai. Então porque quando um homem faz a mesma merda, ou pior, ele fica? Então é isso: fora Pyong! Assediou. Não é mentira minha, estou falando o que realmente aconteceu", revelou ela. 

"Quando eu saí, ele esqueceu tudo o que eu fez. Ainda falou que eu saí porque ele pediu. Ele pediu? O dia que esse homem tiver alguma moral, me avisa que eu fico quieta. Enquanto ninguém me disser, eu vou falar mal dele todos os dias, até ele sair. E eu juro que eu busco esse rapaz na porta da Globo"

"Pior que eu busco mesmo. Pra falar, 'Oi queridão, vem cá meu anjo, você não pediu par que eu saísse, eu também pedi", alertou ela. Apesar da revolta com o hipnólogo, Boca Rosa pediu que os internautas não ataquem a família de Pyong. 

O último Paredão foi formado nesse domingo, 1º, e colocou Pyong, Guilherme e Gizelly na berlinda. 

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.