Bruna Marquezine, que rebateu críticas a seu corpo, acaba de apresentar seu primeiro trabalho no cinema. O E! Online Brasil esteve presente no painel do filme realizado, em São Paulo, onde Bruna falou sobre seu primeiro longa e os desafios de sua personagem. 

No filme, a protagonista, Ofelia, vivida pela estrela, decide ir a nado encontrar seu pai Tedesco (Peter Kenetnath) no litoral de São Paulo. Sobre o preparo para o papel, a gata revelou: "Nadei bastante. Fazia aulas e fiquei três semanas morando em São Paulo para a preparação do filme. Fizemos aula no Pacaembu, eu tinha até carteirinha", disse ela.

"Tive que me preparar fisicamente, eu sabia que as filmagens iam exigir isso. Foi desgastante mas prazeroso. Descobri nos treinos muito sobre Ofelia. Ela se sente mais confortável na água do que fora. E eu nunca encontrei conforto fazendo exercício físico. Essas três semanas foram necessárias para encontrar esse prazer. Acordávamos muito cedo para as filmagens, passávamos o dia inteiro na água. Até hoje gosto de me exibir sobre minhas nadadas", disse ela, sobre os elogios do diretor Klaus Mitteldorf.

Uma das cenas mais emocionantes do longa acontece logo no início, quando Ofelia pula de uma ponte de 16 metros ao mar. "Foi a primeira cena do projeto. Começamos pela caminhada e pela ponte. A gente disse, 'Bruna você sobe e vai até a escada e para na hora que você quiser. E aí ela sobe tira o sapato, e pergunta, posso pular?'", revelou o produtor do longa.

A atriz contou que realmente quase decidiu fazer a cena sem uma dublê. "Eu pedi algumas vezes, mas eu não tinha me preparado. Eu tinha que ter técnica. Nos primeiros takes a equipe estava pálida. Porque eu acreditei. Recebi alguns 'nãos'. Eu disse, 'Posso pelo menos sentir, um mergulho bombinha'", brincou ela. "Só pra sentir a sensação de pular. Aquele salto é simbólico pra Ofélia".

A estrela, que tinha 20 anos para 21 anos quando filmou o longa, disse que foi muito questionada sobre o motivo de ter escolhido essa produção como a primeira de sua carreira.

"Talvez a gente esteja mudando, mas existe o preconceito que as pessoas exergam atores e atrizes como atores de TV, cinema, ou teatro. Nunca recebi muitas propostas para cinema, porque fiquei conhecida como atriz de TV. Só por ser olhada por eles para encarar esse desafio, já fiquei honrada", contou ela.

"É muito distante de tudo o que já fiz, por ser um filme sensorial. Até para me reciclar e lembrar da paixão pela minha arte. Na TV a gente é engolido pelo ritmo e acaba sucumbindo. Por alguns momentos eu me esqueci porque amo tanto o que eu faço. Com Ofélia eu redescobri a paixão pela minha arte", admitiu ela.

Bruna também falou sobre a jornada nada convencional de sua personagem: "O contato com a água foi importante. Descobrir porque ela se sentia mais à vontade dentro da água do que fora. Acho que é porque ela escutou que, 'Foi feita dentro da água'. Toda essa aventura é uma jornada de autoconhecimento. Porque ela é uma menina de fato nada óbvia. Escolheu um meio nada convencional. Não é sobre encontrar um pai, mas sim, muito dela, tentando se descobrir e se falta alguma coisa. A jornada é mais importante do que o pai. Nenhum momento ela questiona se vai ser aceita. É o lugar onde ela se sente mais ela. Autoconhecimento é sempre meio doloroso, ainda mais na busca de um pai que ela não tem certeza se é seu pai".

A estrela também fez uma comparação de seus trabalhos na TV com o primeiro no cinema, que é muito mais introspectivo e não possui tantas falas. "É maravilhoso. Primeiro por ser uma experiência diferente do que estou acostumada. E também acho que as palavras atrapalham, muitas vezes. Na TV a gente precisa contar a mesma informação várias vezes na mesma semana. Poder fazer a obra fechada, entender todos os arcos da personagem e não ter que explica-los, mas ter espaço para contribuir, criar e poder sentir aquilo".


"Na novela a palavra tem valor. Foi muito importante poder me libertar da palavra. Por ter essa liberdade. Poder viver a cena antes de qualquer preocupação. Na vida de modo geral, às vezes as palavrras atrapalham".

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.