BTS cancela quatro shows na Coréia do Sul por causa do coronavírus

Os integrantes da banda coreana anunciaram na quinta-feira, 27, que quatro apresentações na Coréia do Sul foram canceladas por conta da doença.

por Sally Borges 28 fev, 2020 15:17Tags
Recomendado para você: BTS cancela quatro shows na Coréia do Sul por causa do coronavírus

O BTS está se precavendo por conta da epidemia do coronavírus. Em suas redes sociais, o BTS, que lançou segundo clipe para ON, anunciou o cancelamento de quatro shows na Coréia do Sul por conta da doença.

As apresentações seriam nos dias 11, 12, 18 e 19 de abril. No Twitter, a banda deu o recado aos fãs:

"Lamentamos anunciar que o show BTS MAP OF THE SOUL TOUR – SEOUL, originalmente agendado para 11 de abril (sábado), 12 (domingo), 18 (sábado) e 19 (domingo), no Olympic Stadium, foram cancelados. Os planos para os shows incluíam o envolvimento de várias empresas de produção global e uma grande equipe internacional especializada, com a expectativa de mais de 200 mil participantes".

leia também
BTS canta música-tema de Friends e hit de Post Malone no Carpool Karaoke

Então, a banda informou o motivo do cancelamento:

"No entanto, o atual surto global do coronavírus (COVID-19) tornou impossível no momento prever a escala do surto durante as datas do show em abril, junto à crescente incerteza sobre o movimento entre as fronteiras da equipe e equipamentos dos concertos".

E mostraram preocupação com a saúde de todos presentes  nos shows:

"Enquanto esperamos que a situação melhore, nós temos que levar em consideração a saúde e a segurança de centenas de milhares de convidados, além de nossos artistas, e o terrível impacto que um cancelamento de última hora pode ter sobre convidados de outros países, empresas de produção e funcionários. Nós concluímos que, com aproximadamente um mês para o início do show em Seul, é inevitável que o show seja cancelado sem atraso adicional".

Por fim, o BTS informou que a medida foi tomada a fim de "cooperar com as medidas do governo sobre a restrição de eventos públicos" e que os ingressos reservados "serão reembolsados integralmente".