Cleo Pires decidiu falar sobre polêmica do BBB 20. Através do Stories, Cleo saiu em defesa de Bianca Andrade após a blogueira receber ataques na web. 

Boca Rosa passou ser "cancelada" na internet ao ficar do lado de Hadson, ao invés de apoiar as sisters. O ex-jogador foi denunciado pelas mulheres por criar plano para comprometer as garotas fora da casa. 

"A Bianca é uma mulher. Ela pode estar passando pano e pode não estar entendendo um monte de coisa, mas é uma oprimida que fica ao lado do opressor, e às vezes nem sabe que fica ao lado do opressor para não se sentir oprimida. Eu já fiz muito isso, e é o que muitas de nós fazemos e é o que muitos dos oprimidos fazem", disse Cleo. 

"Porque é muito ruim ser a vítima. Muito ruim estar do lado do oprimido, se sentir impotente e fraco", revelou ela. "Mas torço para que a Manu, Marcela e Gi consigam fazer ela entender a importância de uma mulher ficar do lado da outra".

Durante desabafo com Guilherme, no domingo, 2, Bianca disse que queria ouvir o lado de Hadson e acabou chamando Manu de "retardada".

''Eu estou querendo ouvir a história dele (Hadson), mas elas dizem que eu tenho que ficar do lado delas porque temos que nos unir. Não é possível que ele está sendo falso. Eu não acho. Elas ficaram inseguras quando a gente veio para cá conversar. Tinha que ver a algazarra que elas fizeram lá dentro, falando de ''girl power'. O que é isso? Um filme? Isso é a realidade. Chamaram ele de machista e isso é muito grave", disse a influencer.

"A Manuela ficou, 'Ainda bem que não troquei com essas pessoas' e eu fiquei pensando, 'Você deve ser muito retardada, não é possível'", disse ela.

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.