Rose Miriam, viúva de Gugu, quer ser reconhecida como herdeira

Médica afirma que doará toda sua parte aos filhos ficando apenas com o usofruto para se manter

por Miriam Kaibara 20 dez, 2019 14:41Tags
Gugu Liberato, Rose MiriamInstagram/@joaoaugustoliberato

Rose Miriam Souza di Matteo, viúva de Gugu Liberato, vai à Justiça para ser reconhecida como herdeira do apresentador, segundo entrevista concedida a Folha de São Paulo. Se atingir seu objetivo, Rose Miriam terá direito a metade da herança de Gugu

Ao ser questionada se sabia qual é o patrimônio do companheiro falecido, ela afirmou: "Nunca fiquei perguntando, não tinha motivo. O que sei é que é do pai dos meus filhos. Já está tudo no nome dos filhos, como o Gugu queria. Não quero nada pra mim. É tudo deles. Eu só vou viver de usofruto para poder me manter", revelou. 

Como não foi casada oficialmente, nem incluída no testamento assinado em 2011, a médica não tem direito a nada. Gugu distribuiu a metade de tudo e os outros 50% são transmitidos obrigatoriamente aos seus filhos, João, Sofia e Marina

A família do apresentador diz que Rose nunca teve uma relação estável com Gugu, considerando-a apenas amiga dele e mãe de seus filhos. A médica contesta essas afirmações e disse que estava com o apresentador há 19 anos e que eles sempre foram uma família. 

leia também
João Augusto consola mãe Rose Miriam no enterro do pai Gugu Liberato

Ao ser questionada sobre sua a vida a dois com Gugu, Rose revelou como funcionava a relação deles com os filhos estudando nos Estados Unidos. 

"O Gugu sempre teve a ideia de mandar os filhos para fazer hugh school fora do Brasil. Em 2015 fomos embora [para Orlando]. Ele ia muitas vezes para lá. Ia com mala de mão todas as vezes porque as roupas dele ficavam em casa. Toda segunda de manhã ele depositava no banco o que eu precisava para me manter", disse ela.

Já no Brasil, o casal vivia em casas separadas. "O Gugu sempre morou na casa dele na Aldeia da Serra e eu na minha [em Alphaville]. Mas nós sempre fomos uma família, a gente sempre se amou. Sempre fomos pai e mãe dos mesmos filhos, íntimos um do outro. O fato de ele morar em uma casa e eu em outra não significa nada, mesmo porque o Gugu gostava de silêncio, entendeu? E ele continuava a vida dele, no escritório dele, na casa dele, no cantinho dele".  

Rose também falou sobre o estado dos filhos após perda do pai. "O Gugu morreu na nossa casa. As crianças estão muito abaladas porque viram o pai morrendo no chão. Foi trágico. Ele faleceu nos meus braços praticamente", revelou ela.