Margot Robbie levou o público da CCXP 2019 à loucura! Margot e o elenco de Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa fecharam o primeiro dia da Comic Con Experience, nesta quinta-feira, 5, em São Paulo.

Ao lado das atrizes Ella Jay Basco, Elizabeth Winstead, Jurnee Smollet-Bell, Rosie Perez e da diretora Cathy Yan, a musa de Hollywood fez questão de conhecer os fãs brasileiros em um rápido encontro na parte pública do evento.

"Nós estamos muito, muito empolgadas de estar aqui, e ver tantas pessoas vindo para nos ver", disse a loira, durante live do Omelete. "Eu vejo as meninas como a Arlequina, um filme que a gente gostou tanto de fazer, isso significa muito. Vocês são a nossa razão para fazer isso e a razão para estarmos aqui".

Margot também falou da falta de filmes com super-heroínas nas telonas. "Eu sempre saio com grupos de amigas, e eu acho que é uma oportunidade tão bacana ver isso no cinema", ressaltou ela, que ficou encantada com o carinho e a alegria dos brasileiros.

No entanto, durante o painel da Warner Bros, a atriz explicou que o longa não é limitado ao feminismo. Em uma das cenas, Arlequina chora por ter terminado com o Coringa [Jared Leto] após Esquadrão Suicida e prova para as amigas que superou o ex-amado.

"Feminismo não é só para mulheres. Homens também podem ser feministas", mandou a bela, que também deu os créditos do longa à diretora.

"É uma história inspiradora, com mulheres aprendendo a trabalhar juntas", completou Cathy. "Essa é a Gotham de Arlequina e não do Batman".

Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa estreia dia 6 de fevereiro de 2020 no Brasil.

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.