Afinal, por que as Pussycat Dolls se separaram?

O grupo se reuniu novamente após 10 anos.

por Guilherme Della Negra 04 dez, 2019 22:04Tags
Recomendado para você: Afinal, por que as Pussycat Dolls se separaram?

As integrantes do grupo Pussycat Dolls se reuniram novamente após 10 anos para anunciar uma turnê e lançar novas músicas. Uma delas, inclusive, foi apresentada durante o último episódio do programa X Factor: Celebrity.

Porém, muita gente não sabe nem o que as levou a se separarem no passado. Por isso, fizemos uma matéria explicando tudo para você.

Vale dizer que pegamos trechos de entrevistas que foram dadas na época. Ou seja, isso não quer dizer que elas ainda se sintam dessa forma hoje em dia.

 

 

 

leia também
Pussycat Dolls anuncia volta do grupo com shows em 2020

Segundo as integrantes, o grupo teria terminado por causa do tanto que Nicole Scherzinger sempre ficava sob os holofotes, algo que fez com que as outras cantoras/dançarinas se sentissem deixadas de lado.

"Eu definitivamente me sentia como uma dançarina de apoio da Nicole", disse a integrante Jessica Sutta ao sair do grupo. "Nicole era o centro de tudo. Era a vocalista principal, tudo girava em torno dela".

"Não dá mais pra viver à sombra de Nicole", concluiu, afirmando que a vocalista controlava até o tempo que as outras integrantes apareciam nos clipes.

Isso foi reforçado pelas integrantes Carmit Bachar (que foi a primeira a sair do grupo) e por Melody Thornton.

Divulgação

Inclusive, Melody tem falado bastante sobre o grupo recentemente - a ex-integrante resolveu não participar da reunião, o que fez com que ela acontecesse somente com 5 garotas.

Em um papo recente para o programa Lorraine, a cantora justificou a ausência e afirmou que teve dificuldade em achar a sua voz no PCD, o que acarretou em problemas de autoestima. Segundo ela, os produtores afirmaram na época que "Nicole ia gravar tudo, então você tem que aprender a dançar e fazer isso com as outras garotas".

"Para mim, aquilo realmente afetou a minha confiança porque eu não fazia o que eu era melhor em fazer. E as pessoas me conheceram por algo que eu não era boa. Eu era a dançarina mais fraca, então foi desafiador".

Porém, Thornton também reconheceu que Nicole "tinha dois contratos", então "fazia sentido" ela cantar a maioria das partes.

Divulgação

"Pediam para eu esperar minha vez, e minha vez nunca chegou. Só lançamos dois álbuns. Eu, na verdade, sou uma dançarina muito ruim. Eu sou uma cantora. Então, para mim, não há nada para voltar. As músicas que temos são as músicas que temos, sabe?".

Ainda assim, mesmo com os desentendimentos, as garotas cresceram, superaram os dramas e hoje estão juntas novamente.

E Melody, mesmo sem participar do retorno (para focar em sua carreira solo), já afirmou que não há farpas entre elas. "Somos como uma família", disse ela para Wendy Williams.

"Nós nos irritamos umas com as outras de vez em quando, mas agora que tudo passou nós mantemos contato e somos próximas. Nós crescemos! Somos mulheres agora. Isso tudo é sobre amor".

Para ouvir a nova música das Pussycat Dolls, React, assista ao vídeo abaixo: