Anitta comenta massacre de Paraisópolis: "Poderia ter sido eu"

A cantora falou sua opinião sobre o triste ocorrido que deixou nove jovens mortos no final de semana. Confira o que ela disse.

por Sally Borges 03 dez, 2019 18:50Tags
Recomendado para você: Anitta comenta massacre de Paraisópolis: "Poderia ter sido eu"

Anitta se manifestou sobre o massacre de Paraisópolis no final de semana. Nesta terça-feira, 3, Anitta, que deixou de seguir Ludmilla, foi ao Instagram e comentou o triste ocorrido em São Paulo.

Para quem não sabe, nove jovens morreram durante ação policial em um famoso baile funk da comunidade, o Baile da 17. Seis policiais foram afastados.

A cantora tomou conhecimento e fez o comentário sobre a tragédia.

"A única coisa que eu consigo pensar é que, se fosse alguns anos atrás, poderia ter sido eu, minha mãe e meu irmão uma dessas pessoas [mortas]", iniciou.

leia também
Anitta lança clipe de Combatchy, com Luisa Sonza, Lexa e MC Rebecca

"Uma das coisas que a gente mais fazia quando eu estava começando a cantar era cantar em baile de favela, festa de favela", explicou a estrela.

"Poderia ter sido um de nós. Sem palavras", continuou ela. "O fato de ser uma festa com presença de drogas ilícitas e com presença de criminosos não justifica o fato de você sair entrando e atirando".

"Para as pessoas é vagabundo, música de baixo conteúdo, gente que não tem o que fazer. Complicado o preconceito", concluiu Anitta.