Integrantes da equipe de Felipe Titto são agredidas por motorista de app

Uma das vítimas terá que passar por cirurgia

por Fernanda Basso 08 nov, 2019 13:33Tags
Recomendado para você: Integrantes da equipe de Felipe Titto são agredidas por motorista de app

Felipe Titto usou as redes sociais nessa quinta-feira, 07, para revelar uma história triste envolvendo duas pessoas de sua equipe, Elaine Melo e Tatiane Soares. No Instagram, Felipe contou que as duas foram agredidas fisicamente pelo motorista de um aplicativo.

"Estou com a Tati. Ela está com a perna fod*** e eu, de bengala, levando ela pro hospital. A gente teve um problema com motorista de aplicativo, que agrediu ela. Isso foi o carro, que passou por cima da perna dela. A outra pessoa da equipe tomou um soco no nariz. O cara é iraniano, nem brasileiro é. Ele estava dirigindo em zigue-zague e elas ficaram com medo e falaram 'moço, dá para dirigir mais devagar?'. E ele falou 'o motorista sou eu e dirijo do jeito que eu quiser'. Aí elas pediram para parar o carro que queriam descer e ele disse que não. Elas estavam com medo, mas a advogada começou a discutir com ele e ele foi pra cima delas", contou.

leia também
Felipe Titto fecha o peitoral com tatuagem e mostra resultado no Instagram

"Zelo muito pelos meus e não podia deixá-las na mão. O cara, do nada, deu uma bomba (soco) na cara de uma menina. Aí atropela a outra! Viu a perna e passou por cima. Não vai ficar assim! E se precisar falar do aplicativo, vou falar. Chega de só ficar observando as coisas erradas acontecendo. Porque ele não só saiu da conduta do seu trabalho, como agrediu duas mulheres. Amanhã, com ajuda do Serviço de Inteligência da Polícia - precisam de termo para quebra de sigilo - vão encontrá-lo. E vou fazer questão que esse cara pague. Vou atualizar vocês. A Jéssica, da minha assessoria de impresa, foi agredida com soco no nariz e ela quebrou o nariz. Vai ficar internada e fazer uma cirurgia amanhã. Enfim, só para vocês verem a gravidade. A Tati, que teve perna atropelada, foi só uma luxação, nada mais grave. Amanhã vamos encontrar esse cara e vou fazer questão de mostrar ele pagando pelo que ele fez", finalizou.