Laura Neiva e Chay Suede formam o casal "grávido" mais fofo da atualidade... Mas quem disse que nesta história de amor, tudo foi como nos contos de fadas? Em entrevista para a Marie Claire, Laura revela que descobriu de um jeito inusitado a gravidez e ainda comentou sobre as idas e vindas do casal, que está junto dessde 2014.

"Eu uso um aplicativo de menstruação para acompanhar meu ciclo. Chay e eu tentamos por dois meses dessa forma, programando, mas pensei que queria ter nosso filho de maneira natural, então desencanamos. Um dia, sonhei que estávamos transando e, quando acordamos, de fato transamos. Logo depois, contei pra ele que tinha tido esse sonho, e ele falou: ‘Eu também! Já pensou se você engravidou hoje? Se fomos acordados pra isso?', eu ri e abri o aplicativo, estava ovulando. Três semanas depois, durante uma aula de balé, tive tontura e enjoos muito estranhos, mas passou. Na mesma semana, notei que meu peito estava ficando maior e estava tendo algumas dores. Contei para as minhas primas, que repassaram a mensagem para todas as tias e disseram que eu deveria fazer um teste de farmácia. Nesse dia, um sábado, fizemos uma moqueca em casa e recebemos vários amigos. Queria muito fazer um teste, mas pensei que, se saísse para comprar, o Chay desconfiaria. Então pedi o teste mais barato pelo Rappi. Pensei: ‘se não estiver grávida, pelo menos não terei gastado dinheiro à toa', sou bem pão-dura", contou.

"Quando chegou e eu fiz, não entendi nada, era um teste bem estranho. Aí, claro, pedi outro, desta vez o mais caro. Quando o entregador chegou, olhou pra mim e sussurrou ‘boa sorte'. Logo fiz o outro e lá apareceu com todas as letras: g-r-á-v-i-d-a. Chamei o Chay, que estava na cozinha, e subimos pro quarto. Como ele é muito emotivo e sensível, fiquei pensando em como daria a notícia. Pedi que sentasse, mas logo que olhou pra minha cara, disse: ‘você está grávida'. Respondi: ‘tô!'. Aí nos abraçamos e começamos a rir e chorar. Isso foi no sábado. Na terça, todo mundo já sabia", continuou.

Já sobre a relação que teve alguns términos, a atriz contou: "Eu e o Chay nos conhecemos fazendo um filme (Jonas, 2015), mas não aconteceu nada, na época eu namorava e ele também. Um ano depois, estávamos os dois morando e trabalhando no Rio, e voltamos a nos falar por mensagens no Instagram. Olha, é melhor que Tinder, viu? (risos) Aí ele me chamou pra sair e marcamos um date. Lá ele me disse que já estava apaixonado. ‘Nossa, que rápido', falei. Mudamos pra São Paulo por conta do trabalho e éramos praticamente vizinhos. O tempo foi passando, a gente foi ficando mais sério, se apaixonou e começamos a namorar".

"Então ele recebeu uma proposta de trabalho em que teria que voltar pro Rio e fui junto. Até que no segundo semestre do ano passado, quando estávamos de casamento marcado, começamos a pensar diferente, tivemos diferenças religiosas, do que a gente queria para aquele momento das nossas vidas e começamos a nos distanciar. Nos separamos porque não éramos mais um casal, não houve traição. Ficamos quase três meses afastados. Mas foi perfeito, da maneira que tinha que ser. Só cheguei a certas conclusões porque terminei. E quando a gente voltou, foi muito melhor. Desta vez quem pediu ele em casamento fui eu e fez todo sentido. Fez mais sentido ainda ter um filho agora. A Maria é resultado de tudo que a gente viveu", finalizou.

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.