O mundo do k-pop amanheceu em luto. A polícia sul-coreana confirmou nesta segunda-feira, 14, que Sulli, ex-cantora do f(x), morreu aos 25 anos.

Segundo as autoridades, Sulli teria se enforcado no segundo andar de sua casa em Seul. Enquanto as investigações seguem em andamento, sua agência de talentos, SM Entertainment, comentou o trágico ocorrido.

"Nós lamentamos contar a todos as dolorosas e tristes notícias", informou o comunicado. "Sulli nos deixou. Não podemos acreditar na informação e estamos simplesmente em estado de luto".

"Por favor, evitem espalhar artigos especulativos ou rumores sobre a família em luto, que se entristece com a repentina tragédia. Expressamos nossas mais profundas condolências aos falecidos, que seguiram o seu caminho final".

De acordo com relatos, seu gerente foi à residência dela por volta das 15h20, no horário local da Coréia do Sul, após não conseguir contato com a artista. Foi então que Sulli, cujo nome era Choi Jin-Ri, foi encontrada inconsciente.

"Parece que Choi Jin-Ri estava morando sozinha em casa", disse um policial à imprensa local. "Parece que ela acabou com sua vida, mas vamos investigar, aberto a todas as possibilidades".

Ao longo da carreira, a estrela lutou contra o abuso online. Recentemente, em episódio da Reply Night, ela admitiu que podia parecer feliz do lado de fora, mas estava simplesmente "mentindo" para todos.

"Minha vida está realmente vazia, então sinto que estou mentindo para todo mundo, fingindo ser feliz do lado de fora", confessou Sulli. "Eu pedi muitos conselhos. Eles me disseram ‘Todo mundo tem um lado sombrio em suas vidas, mas vive fingindo que não. Não pense que isso é estranho'".

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.