Ariana Grande está processando a Forever 21 em R$ 40 milhões

A cantora está acusando a marca de usar a sua imagem sem permissão.

por Samantha Schnurr | Traduzido Por Guilherme Della Negra | 03 set, 2019 18:24Tags
Recomendado para você: Ariana Grande está processando a Forever 21 em R$ 40 milhões

De acordo com documentos legais preenchidos na corte da Califórnia nessa segunda-feira, 2, Ariana Grande está processando a Forever 21 os acusando de usar a sua imagem sem permissão.

De acordo com o processo, a equipe da marca de fast fashion entrou em contato com os representantes da cantora questionando-os sobre a possibilidade dela publicar sobre eles nas redes sociais, incluindo no Instagram e Twitter. "Levando em consideração a influência dela, o valor para um simples post feito pela senhorita Grande é de no mínimo seis dígitos. E ela exige que seja de sete ou oito dígitos se for um acordo de longo termo".

Apesar das negociações terem acontecido em dezembro de 2018 e janeiro de 2019, nos documentos foi afirmado que as duas partes nunca chegaram em um acordo porque o dinheiro que a marca ofereceu foi "insuficiente para uma artista do tamanho dela".

leia também
Ariana Grande rebate fã que a acusou de usar Autotune

Apesar da cantora não ter aceitado o acordo, a marca lançou uma "campanha enganosa em seu site e nas redes sociais em janeiro e fevereiro de 2019", de acordo com o processo. "A campanha capitalizou em cima do sucesso do álbum Thank U, Next, de Grande, com 30 imagens e vídeos não autorizados usando o nome, a imagem e a música da cantora para criar uma falsa impressão de que ela tinha feito um acordo com a marca".

O processo ainda afirma que a Forever 21 sugeriu que Grande tinha fechado contrato com a marca ao postar fotos de uma "modelo parecida" com ela usando roupas e acessórios que lembram os usados por Ariana no clipe 7 Rings.

YouTube

De acordo com o documento, Grande "descobriu a campanha" em fevereiro e os representantes dela pediram para a marca tirar as imagens, porém, elas permaneceram até o meio de abril.

"Como resultado, a marca usou e lucrou inapropriadamente com a influência de Ariana por aproximadamente 14 semanas".

O E! News tentou entrar em contato com os advogados da Forever 21, mas eles não responderam.

fotos
Os melhores momentos de Ariana Grande em Coachella 2019