Vogue editada por Meghan Markle se esgota e é vendida por 14 vezes mais

A edição assinada pela Duquesa de Sussex não está mais sendo encontrada nas bancas pelos britânicos e passou a ser vendida na Internet!

por Sally Borges 11 ago, 2019 10:00Tags
Meghan MarkleKarwai Tang/WireImage

Meghan Markle deixou o Reino Unido inteiro enlouquecido com a sua revista especial para a Vogue britânica. E a edição de setembro, da qual é ainda mais cogitada, está quase no fim por estar sendo vendida igual água!

Para quem não sabe, a Duquesa de Sussex, que divulgou imagens nunca antes vistas da sua gestação, assinou a atual edição da Vogue britânica, da qual tem uma capa histórica, com o título "Forças para a Mudança".

"A Duquesa acredita que os leitores da Vogue britânica também fazem parte deste momento – como resultado, a 16ª posição na capa da revista é um espelho para incluir o leitor e encorajá-lo a usar suas próprias plataformas para efetuar mudanças", informou um comunicado da revista.

leia também
Meghan Markle ganha homenagem de aniversário de Príncipe Harry e da Família Real

Diversos icônicos femininos que remetem à essa mudança no mundo foram entrevistados, como a atriz Jane Fonda, a musa Laverne Cox e até a primeira-ministra da Nova Zelândia Jacinda Arns.

Além disso, a edição mais importante do ano teve entrevistas da ex-primeira dama dos Estados Unidos Michelle Obama e do marido de Meghan, Príncipe Harry, com quem ela tem um filho, Archie.

"Estes últimos sete meses tem sido um processo recompensador, curando e colaborando com Edward Enninful, Editor Chefe da Vogue Britânica, para assumir a edição de moda mais lida do ano e direcionar seu foco para os valores, causas e pessoas que causam impacto no mundo hoje", disse a Duquesa, em outro comunicado fornecida pela Família Real.

@SussexRoyal / Peter Lindbergh

Com toda essa importância, a Vogue de setembro chegou às bancas na última sexta-feira, 2, por 2 libras, cerca de 10 reais; mas já é quase impossível encontrá-la nas bancas.

E os anunciantes da Internet, como os do eBay, têm vendido a revista por 14 vezes mais, ou seja, 28 libras, cerca de 133 reais.

Só no primeiro final de semana, um deles revelou que vendeu 63 edições por pouco mais de 16 libras cada, o equivalente a 76 reais; lucrando com 389 libras, ou seja, quase 2 mil reais.

Sucesso de Meghan no Reino Unido que fala?