Scooter Braun quebra o silêncio sobre briga musical com Taylor Swift

Em entrevista à Billboard, o gerente musical defendeu a sua aquisição e disse que agiu com o que acha o certo. Veja o que ele falou sobre a loira!
por Cydney Contreras | Traduzido Por Sally Borges | 26 jul, 2019 13:43Tags
Recomendado para você: Scooter Braun quebra o silêncio sobre briga musical com Taylor Swift

Scooter Braun quebrou o silêncio sobre o drama musical com Taylor Swift. Em entrevista à Billboard, Braun abriu o jogo e disse que "tudo mudou" desde que conhceu Swift há muitos anos.

Para quem não se lembra, a loira o acusou de fazer "bullying" com ela em um post contundente. Isso desencadeou uma polêmica enorme, incluindo grandes nomes da música, como Justin Bieber, tomando partidos.

Mas Braun está dizendo que ele não teve más intenções quando começou a "construir um ambiente de primeiro artista".

"Todo mundo na Big Machine – Taylor foi gentil, Scott foi gentil – todo mundo foi gentil comigo e Justin [Bieber] quando estávamos fazendo aquele show, e você não se esquece dessas coisas. Eu nunca me esqueci disso e começamos uma amizade", disse o gerente musical.

leia também
Justin Bieber defende Scooter Braun após Taylor Swift detoná-lo por possuir suas músicas

E agora que a amizade acabou, Braun defende sua aquisição da Big Machine. "Se Scott vendesse a empresa para outra pessoa, ele teria feito o que geralmente acontece, você pega os catálogos, desmonta tudo, as pessoas são despedidas – e isso não é certo, essas pessoas nos colocam nessa posição".

E Scott Borchetta afirma que seus artistas "amam" a mudança para a empresa de Braun. Ele diz que sente que há uma "vantagem em poder falar com um 'time de artistas' em vez de sentir que há um muro entre artista, selo e gerenciamento".

Quanto à Swift, ela acabou de assinar com a Universal Music Group.