No novo episódio de Luana É De Lua, a nossa apresentadora, Luana Piovani, vai falar sobre o tema: "Assédio". Ao se abrir sobre as suas próprias experiências com o assunto, ela afirmou que infelizmente teve que lidar com isso mais de uma vez em sua carreira.

"A primeira vez foi com 18 anos, aqui em São Paulo, por um colega meu que era produtor de teatro. A gente tinha ido jantar, ele me deu uma carona pra me deixar em casa e na hora de ir embora tentou me dar um beijo", comentou Piovani. "Eu pensei: ‘Coitado! Totalmente sem noção'. Se eu quisesse dar um beijo nele, eu já teria avisado há muito tempo com o meu olhar ou com qualquer coisa que fosse. Essa é a relação de paquera".

"Aí eu falei: ‘Você está louco? Como assim?'. Ele respondeu: ‘Não, calma! Não fica nervosa, eu só tentei te dar um beijo'. Eu comentei: ‘Sim, querido. Mas tentou de onde? Eu nunca te dei essa [liberdade]", afirmou Luana. "Nunca mais saí [com ele] e nunca mais atendi o telefone".

Segundo a apresentadora, a segunda vez que ela sofreu assédio foi por um diretor. Ele pediu para ela sentar no colo dele na frente de várias pessoas.

"Eu achei muito ousado dele achar que eu ia sentar no colo dele. Aí eu levantei, fui desfilando na direção dele – meio fingindo – e sentei no braço da poltrona. Eu disse: ‘É isso o que tem pra você, querido'".

Luana também afirmou que a sua atitude acabou fazendo com que ela perdesse o papel na novela. Porém, ela não se importa nem um pouco! "Fod*-se! A novela foi um fracasso, o cara já morreu e eu estou aqui celebrando". Maravilhosa!

Quer saber mais? Então não perca nenhum episódio do programa no Canal E!, toda terça-feira, às 21h.

  • Share
  • Tweet

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.