Mãe de Alinne Araújo quebra silêncio: "Ela falou que ia se matar"

Elizabeth Araújo falou sobre o suicídio da filha no programa Encontro nesta quarta-feira, 17
por Miriam Kaibara 17 jul, 2019 15:45Tags
Recomendado para você: Mãe de Alinne Araújo quebra silêncio: "Ela falou que ia se matar"

A mãe de Alinne Araújo, blogueira que morreu após ser abandonada pelo noivo na véspera do casamento, quebrou o silêncio nesta quarta-feira, 17. Em entrevista no programa Encontro, da TV Globo, Elisabeth Araújo contou que Alinne tinha dito que "ia se matar", mas ela não acreditou. 

Elisabeth afirma que se preocupou com a filha após o casamento. "Não fui trabalhar, fiquei de olho nela depois do casamento. Eu tinha tomado um remédio e estava deitada de um lado e ela do outro. Ela esperou o momento que cochilei e se jogou da janela. A menina que trabalhava com ela viu e tentou segurar pela blusa, mas não conseguiu", revelou ela.

"Ela falou comigo que ia se matar, mas não acreditei. Ela falou: 'Mãe, meu mundo acabou!'".

leia também
Ex-noivo que desistiu de casamento se pronuncia sobre morte de blogueira

Saionara Araújo, a tia da blogueira, também participou do programa e contou como a sobrinha reagiu após seu noivo Orlando Costa deixá-la um dia antes da cerimônia. 

"Eles moravam juntos há nove meses. Ele saiu para buscar o terno e as alianças e pagar a filmagem. Ela falou: 'O Orlando sumiu e não pagou a filmagem'. Eu disse: 'Calma, ele deve estar na despedida de solteiro'. E ela falou: 'Tia, ele sumiu'. Oito e pouco da noite ele mandou mensagem dizendo que não estava pronto para casar. No domingo fomos para a delegacia para dar o sumiço dele", disse ela. 

Apesar do triste desfecho, Saionara diz que elas não culpam Orlando. "Ele não tem culpa, ele foi muito com para ela o tempo todo, mas aquilo foi um pouquinho da gota d'água. E a irresponsabilidade virtual, pessoas que a bombardearam julgando, falando mal. Do outro lado tem uma pessoa doente. As pessoas só acreditam que a outra tem depressão quando ela se mata. A gente precisa falar sobre responsabilidade virtual. O que eu não quero para os meus eu não quero para ninguém".

leia também
Ex-noivo que desistiu de casamento se pronuncia sobre morte de blogueira

A tia ainda confirmou que Alinne tinha o diagnóstico de ansiedade e depressão. "Ela se tratava, tinha todo o amparo para a doença mental. A doença surgiu no início da adolescência. Ela já tentou se matar outra vez, tomou remédios e precisou fazer lavagem"

Saionara ainda disse que Alinne cursava Psicologia na faculdade com esperança de ajudar as outras pessoas: "Ela me dizia, 'Tia, preciso entender a mente humana para me ajudar e ajudar as pessoas que precisam'"