Irina Shayk sabe que o seu final feliz ainda está para acontecer!

Apesar dela ter terminado com Bradley Cooper após os dois passarem mais de quatro anos juntos, a modelo russa revelou que ela não desistiu do amor em uma entrevista. "Se eu acredito em casamento?", comentou ela em um papo com a Harper's Bazaar. "Sim, é claro. Eu não sou contra".

Para Shayk e Cooper - que têm a filha de dois anos, Lea De Seine Shayk Cooper - os meses antes do término foram cheio de rumores. O ápice deles foi quando os veículos afirmaram que o ator estaria tendo um caso com sua colega de elenco em Nasce Uma Estrela, Lady Gaga (apesar da cantora ter negado isso depois).

Mas hoje, Shayk entende porque as pessoas queriam saber tanto sobre seu relacionamento. "São seres humanos: se você não pode ter, você quer ter", disse ela para a publicação. "Tem uma cortina e você quer abrir ela. Acho que é curiosidade".

Mesmo após os rumores, Shayk e Cooper foram juntos para a última edição do Oscar. Porém, em maio eles causaram ainda mais burburinho quando a modelo foi sozinha para o Met Gala 2019.

"As coisas ficaram um pouco melhores, mas depois eles voltavam para o mesmo lugar e começaram a se questionar se era melhor continuar como um casal", disse uma fonte ao E! News na época. "Eles querem ficar juntos pela filha deles, mas não estão felizes".

Irina Shayk, Harper's Bazaar

Após eles passarem um tempo separados, viram que era melhor terminar mesmo: "Por mais que eles tentassem fazer as coisas funcionarem de novo, eles não conseguiram achar uma luz".

Agora, a prioridade deles está sendo em dividir a guarda da filha. "Eles amam a garotinha deles e isso não vai mudar", revelou uma fonte. "Eles querem o que for melhor para ela".

Segundo Shayk, um dos ensinamentos que ela quer passar para sua filha é o de "ser você mesma".

"Você tem que ser verdadeiramente você mesmo com seus filhos, ou você vai estar vivendo uma mentira", disse ela para a revista. "Por que você deve usar uma saia longa só por ser mãe? Não! Eu não acredito nisso. Como as pessoas pensam isso? Por que você tem que mudar o que você é e como você se sente porque você é uma mãe?".

 Irina Shayk, Runway

Vittorio Zunino Celotto/Getty Images for LuisaViaRoma

No fim, Shayk concluiu que ela quer se apaixonar de novo (e que ela merece isso).

"Toda vez que as pessoas me mandam flores, eu penso: me mande um pé de tomate", ela confessou. "Ninguém mais manda cartas. Eu realmente acredito que se você quer sair para jantar com alguém, você não manda mensagem ou avisa a pessoa nas redes sociais. Você pega o telefone e diz: 'vamos jantar'".

Porém, até a pessoa certa chegar, ela está bem em ficar sozinha. Afinal, a infância dela na Rússia a ensinou o quanto ela pode ser forte e poderosa.

"Mulheres conseguem aguentar qualquer coisa", disse ela. "Mulheres podem educar os filhos, trabalhar, e quando ela volta, consegue cozinhar e fazer todo o trabalho pesado também!".

"Nós nunca tivemos os homens para nos ajudar", Shayk continuou. "Você tem que aprender como colocar o prego na parede, como montar as cortinas".

  • Share
  • Tweet

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.