Paulo Henrique Amorim faleceu na madrugada desta quarta-feira, 10. Aos 77 anos, Paulo foi vítima de um infarto fulminante. 

O jornalista estava em sua casa, no Rio de Janeiro, quando sofreu o infarto, confirmou sua esposa ao R7. Na terça-feira, 9, ele tinha saído para jantar com os amigos. 

O profissional trabalhava na Rede Record, mas estava fora do ar há um mês após ser afastado da atração Domingo Espetacular

Paulo deixa sua esposa, a jornalista Geórgia Pinheiro e uma filha. 

Paulo Henrique já passou por diversas emissoras e redações, e começou sua carreira no jornal A Noite, em 1961. Trabalhou como correspondente da revista Realidade, em Nova York, e em seguida da revista Veja.

Posteriormente passou pela Rede Manchete, Rede Globo, TV Bandeirantes e TV Cultura. Na internet ele foi o idealizador do UOl News, em 2000, e foi para o IG, em 2006, comandar um programa no estilo da atração Conversa Afiada, que foi ao ar na TV Cultura. 

Desde 2003 ele estava na Rede Record, onde apresentou o Jornal da Record, ajudou a criar o Tudo a Ver, e em 2006 começou a comandar o Domingo Espetacular, onde ficou até junho deste ano. 

  • Share
  • Tweet

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.