Lady Gaga

Kevin Mazur/Getty Images for SiriusXM

Lady Gaga viveu mais um momento histórico. Na noite de segunda-feira, 24, Gaga subiu ao palco do icônico Apollo Theater, em Nova York, pela primeira vez, marcando mais uma inesquecível estreia em sua célebre carreira.

Com a presença de Michael Douglas, Amy Poehler, Neil Patrick Harris e Clive Davis, a estrela se concentrou mesmo em seus fãs, os Little Monsters.

"Obrigada, Apollo Theater. Que momento histórico para mim na minha vida", disse ela, em vídeo capturado pelo convidado, Dee Lockett. "O que importa para o mundo eu não sei, mas para mim, esta é a minha história pessoal e eu vejo todos os seus rostos bonitos e eu sinto vocês".

Bastante emotiva, Gaga começou a refletir sobre seus primeiros anos como uma aspirante a performer e lembrou: "Eu era apenas uma garota em um apartamento no Lower East Side, com um teclado, mas é tão bom estar aqui. Eu estou em casa, estou com vocês e sei que gosto de mudar muito, mas vocês sabem, muita coisa não mudou, principalmente o meu profundo amor, respeito e gratidão por todos vocês".

Ela continuou: "Eu costumava sentar no meu apartamento, escrever músicas sobre a fama, músicas sobre meninos, músicas sobre a minha família e eu fiz isso e, em seguida, eles tentaram me derrubar".

No entanto, como bem sabem os fãs, a estrela triunfou. "Eu coloquei minha cabeça no lugar, voltei a trabalhar, acordei um dia e tinha a porr* de um Oscar na mão", disse ela, fazendo referência ao Oscar deste ano. Para quem não sabe, Gaga recebeu o prêmio de Melhor Música Original por Shallow, ao lado dos co-compositores Mark Ronson, Anthony Rossomando e Andrew Wyatt.

Lady Gaga

Kevin Mazur/Getty Images for SiriusXM

"Você pode fazer qualquer coisa que você coloca em sua mente. Toda vez que alguém diz não, você diz a si mesmo mil vezes mais ‘Sim, eu posso fazer isso'", encorajou a cantora. "Eu vou te dizer uma coisa. Eles pensaram que o meu era superficial, mas eu olho em todos os olhos de vocês e sinto este lugar e não há nada no mundo mais profundo do que isso".

Durante o concerto apenas para convidados e assinantes da SiriusXM e ouvintes da Pandora, Gaga também trouxe o Mês do Orgulho em pauta, dizendo: "Eu gostaria que ele pudesse existir 365 vezes ao ano, mas eu vou fazer uma semana global [...] Eu aprendi muito ao longo dos anos de todos os meus fãs. Eu me sinto tão abençoada. Obrigada por me mostrarem e me ensinarem".

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.