A estrela de Game of Thrones, Lena Headey (que interpreta Cersei Lannister), foi em uma convenção de quadrinhos em Munique, Alemanha, e revelou uma cena importante que foi excluída da sétima temporada de Game of Thrones. O trecho ia mostrar a motivação por trás de muitas decisões da personagem na última temporada.

Headey disse que a cena mostrava a Lannister "perdendo o bebê". Ela afirmou que foi um momento "traumático" e "muito importante para Cersei".

"Eu amei fazer [a cena] porque eu achava que aquilo ia mostrar uma outra visão sobre ela", disse Lena.

Headey também falou sobre a morte de Cersei em uma entrevista para o jornal The Guardian. Nela, a atriz afirmou que conversou com os co-criadores da série, David Benioff e Dan Weiss, para mudar o destino de sua personagem. "Eu queria uma morte melhor", disse ela. "Obviamente você sonha com a sua morte. Ela pode acontecer de diversas maneiras na série, então eu fiquei meio desanimada. Mas eu acho que eles não tinham como agradar todo mundo. Não importa o que eles fizessem, as pessoas iam protestar".

Para quem não lembra, a Lannister é morta após ser soterrada por pedras ao lado de seu irmão, Jaime.

E vale dizer que Headey não foi a única pessoa que quis mudanças no roteiro! Em uma entrevista para o site Indie Wire, o diretor Miguel Sapochnik disse que queria que a batalha do episódio A Longa Noite fosse diferente.

"Eu queria matar todo mundo", disse ele. "Eu queria matar Jorah no cavalo logo no começo. Eu queria que fosse brutal para todo mundo dizer nos primeiros 10 minutos: 'Acabou as apostas. Todo mundo pode morrer'. Mas David e Dan não queriam isso. Nós discutimos bastante".

  • Share
  • Tweet

We and our partners use cookies on this site to improve our service, perform analytics, personalize advertising, measure advertising performance, and remember website preferences. By using the site, you consent to these cookies. For more information on cookies including how to manage your consent visit our Cookie Policy.