Samantha Schmütz abandona táxi após motorista dizer que agrediu casal gay

Atriz se mostrou indignada através de vídeos no Stories
por Miriam Kaibara 21 mai, 2019 15:32Tags
Samantha SchmutzInstagram/@samanthaschmutz

Samantha Schmütz foi mais uma famosa que se posicionou contra o crime de homofobia. No último sábado, 3, Samantha desceu de um táxi após o motorista confessar que agrediu um casal gay. 

Sentada no banco de trás, a atriz filmou apenas seu rosto, mas é possível ouvir o relato do motorista. "Tomar uma atitude enérgica, entendeu? Aí eu tomei e minha mulher ficou apavorada", disse ele. 

Ao questionar o que ele tinha feito, o motorista revelou a Samantha: "Eu dei uma coça nos dois".

"Você bateu nos dois caras porque eles estavam se beijando? O que é isso, moço?!", disse a atriz indignada.

leia também
Lady Gaga desabafa sobre religião e homofobia durante show

"Não tinha lei, ainda, não tinha essa liberação total. Eles desrespeitaram todo mundo. Não tem nada a ver, um montão de casal hetero, normal, ninguém se beijando e por que os dois ficaram se agarrando ali? Não tinha por que fazer aquilo ali. Hoje as cabeças estão diferentes. Aí dei uma coça nos dois", repetiu ele.

Em seguida a atriz pediu para descer do carro e filmou mais alguns Stories. "Mano, na boa, eu desci do táxi! Ele falou, 'Você está descendo por causa dessa minha história?'. Eu falei, 'Sim, estou descendo por causa dessa sua história! Por favor, pare o carro que não tenho como ficar aqui'", contou ela.

A estrela fez mais vídeos para falar do assunto e decidiu usar um filtro em que aparece mais velha. "Como vocês podem ver, envelheci uns 80 anos com esses episódios de ódio, não é mesmo? Pois bem, e aí eu te pergunto, e se esse cara que bateu no casal gay estivesse armado, como querem liberar agora as armas? 'Em um momento de cegueira, eu bati no cara!'. E se ele dá um tiro e mata? E se ele não sabe atirar direito e você que está do lado, que não tem nada a ver com isso, não está beijando ninguém, toma um tiro?", revelou.