Pink revela que sofreu aborto aos 17 anos

"Você sente que seu corpo te odeia e que ele está destruído", disse ela em entrevista.
por Alyssa Morin | Traduzido Por Miriam Kaibara | 30 abr, 2019 13:46Tags
Recomendado para você: Pink revela que sofreu aborto aos 17 anos

Pink, que recebeu estrela na Calçada da Fama em Hollywood, fez desabafo sobre os "vários abortos" que ela sofreu na adolescência. Em entrevista ao USA Today, Pink revelou os significados de algumas letras de seu novo álbum, Hurts 2B Human

Quando questionada sobre a canção Happy, que tem os seguintes versos, "Desde os 17 anos eu sempre odiei meu corpo/ e sinto que meu corpo me odeia", a cantora se abriu sobre momento difícil de sua vida. 

"A razão pela qual eu escrevi isso é porque eu sempre tive esse corpo de moleque, de ginasta muito forte, mas na verdade eu sofri um aborto aos 17 anos. E eu ia ter aquele filho", disse ela. 

"Mas quando isso acontece a uma mulher, ou uma jovem garota, você sente que seu corpo te odeia e que ele está destruído, e não está fazendo o que deveria"

leia também
Pink recebe estrela na Calçada da Fama de Hollywood

Durante a conversa, Pink revelou que sofreu "vários abortos" e acredita que "é importante falar do que você sente vergonha, de quem você realmente é" e de coisas "dolorosas". 

Além de desabafar na canção, Pink contou que conseguiu superar os obstáculos através da terapia e do bom humor. "Apesar disso ser desconfortável e doloroso, te dá algo para trabalhar", disse ela sobre as conversas com o terapeuta. "Acho que a razão pela qual eu consigo falar de fatos tão desconfortáveis e ser tão honesta é porque eu tenho um senso de humor bem saudável"

Instagram / Pink

A cantora, de 39 anos, tem dois filhos com o marido, Carey Hart Willow, de 7 anos, e Jameson, de 2 anos. O casal está junto desde 2001, e apesar de terem se separado por um ano em 2003, acabaram se casando em 2006. Os dois se separaram pela segunda vez em 2008 antes de retomarem a relação e darem as boas-vindas a primeira filha em 2011. 

 

Veja abaixo os melhores conselhos dados por Pink:

 

"Você não consegue mover montanhas susurrando para elas"

Foto: Ricky Vigil/GC Images

"Meu pai me deu um ótimo conselho: 'Sempre diga a verdade. Sempre atire da cintura. Você pode não ter muitos amigos, mas você nunca terá inimigos, porque as pessoas já vão esperar por isso'"

Foto: Jason Kim

"Existem 31 gostos diferentes para se sentir... Eu só estou vivendo a minha vida. Não preciso ser o seu tipo de bom"

Foto: Evan Agostini/Invision/AP

"Eu queria que as garotas abraçassem o poder e o valor delas na juventude, e não verder ou trocar ele por qualquer coisa para ter que comprar de volta quando envelhecerem. Eu queria que minha filha crescesse em um mundo onde manchetes maravilhosas as celebrassem por sua originalidade, sua individualidade, sua vontade de ser verdadeira consigo mesma e sua coragem de ser assustadora ou sensível quando quer concluir algo. Eu queria que as mulheres parassem de se perdoar pelas coisas que as fazem mulheres"

Foto: Randy Holmes/ABC

"Eu fui rotulada como um problema - então pensei: 'Problema? Eu vou te mostrar o problema. Se você quer problema, aqui ele está!'. Não importa qual rótulo você receba, a melhor coisa que você pode fazer é prová-los o contrário"

Foto: Randy Holmes/ABC

"Assim que você sente como é ser respeitada, é melhor do que atenção. Mas você tem que chegar lá"

Foto: NIGNY/Splash News

"Em todo álbum, eu me preocupo se eu serei uma boba ou uma fraude; e se eu não conseguir mais cantar? Aí eu paro de pensar, começo a tocar minha guitarra, penso que nao tem problema em ser ruim e sigo adiante"

Foto: Michael Rozman/Warner Bros.

"Eu estou grata se consegui impedir ao menos uma garota de se sentir diferente ou feia ou sem poder"

Foto: Kevin Winter/Getty Images

"Ser sexy não precisa vir com o preço de ser burra"

Foto: Jordan Strauss/Invision/AP

"Eu sempre tive um problema com [a ideia de que]: 'Ok, nós dois decidimos entrar em um relacionamento. Mas porque eu sou a vadia e você o manipulador? Você não ganhará nada de mim que eu não ganho de você'"

Foto: RJ Capak/WireImage

"Aceitar que meu relacionamento está bom? As coisas ficam só boas em alguma hora? Eu não acredito que isso exista. Relacionamentos longos são escolhas do dia a dia. É mais difícil estar em um casamento do que pular de um namoro pro outro. Nós somos bons porque nos comunicamos e crescemos juntos, não porque não brigamos"

Foto: Kevin Winter/Getty Images

"Garotos vão para a guerra e as mulheres esperam. Mas nós também vamos para a guerra. Na verdade, nóz fazemos isso cada vez mais e ainda temos que lidar com essas m*** que os homens não sabem, como cinta modeladora, imagem do corpo e ser jogadas umas contra as outras"

Foto: Ryan Aylsworth/RCA Records