Beyoncé se emociona ao honrar tio que morreu de HIV em discurso no GLAAD Media Awards

A estrela recebeu prêmio ao lado do marido Jay-Z

por Samantha Schnurr | Traduzido Por Miriam Kaibara | 29 mar, 2019 15:23Tags
Beyonce, Jay Z, GLAAD Media AwardsYouTube

Beyoncé, que cantou em festa de 75 anos de Diana Ross, se emocionou no GLAAD Media Awards 2019 nessa quinta-feira, 28, em Los Angeles. Ao receber o Vanguard Award ao lado do marido Jay-Z, Beyoncé segurou às lágrimas ao relembrar de seu tio que faleceu devido ao HIV.

A estrela disse ao público que estava "lisonjeada" durante seu discurso após introdução de Morris SingletaryJanet MockTy Hunter Lena Waithe

"Nós não estávamos esperando nenhum desses incríveis apresentadores e estamos muito honrados e lisonjeados. Eu já chorei", disse ela. 

leia também
Você pode ganhar ingressos de shows de Beyoncé e Jay Z para o resto da vida

"Eu diria que uma das mais belas lembranças da nossa turnê foi ver todas as noites o gangster se jogando ao lado da queen mais fabulosa, de forma completa, respeitando e celebrando um ao outro. Isso foi demais! Essa é a beleza da grande parceria, conectando pessoas que à primeira vista parecem de mundos à parte", continuou ela.

"Seja nossos fãs ou nossa família, a comunidade LGBTQI sempre nos apoiou e nos criou. Estamos aqui para promover o amor para todos os seres humanos, e a mudança começa com o apoio às pessoas mais próximas a você. Então, vamos dizer a eles que eles são amados. Vamos lembrá-los que eles são lindos. Vamos falar sobre eles e protegê-los. E pais, vamos amar nossos filhos em sua forma mais verdadeira".

A cantora também fez um apelo. "Gostaríamos de pedir que continuemos a mudar o estigma nesta comunidade, especialmente os estigmas de famílias negras, para aceitar membros da família queer e parda", disse ela.

O momento em que a estrela mais se emocionou foi quando honrou seu tio, que morreu de HIV. "Por último, eu quero dedicar esse prêmio ao meu tio Johnny, o homem gay mais fabuloso que eu já conheci... que ajudou a criar minha irmã e eu. Ele viveu sua verdade. Ele foi corajoso e não teve remorsos durante uma época em que esse país não estava aceitando e testemunhando sua batalha contra o HIV, que foi uma das experiências mais dolorosas que eu já vivi", disse ela com a voz trêmula. Nesse momento, a cantora ganhou um conforto de Jay-Z.

leia também
Kardashians, Beyoncé e mais famosos vão ao aniversário de 75 anos de Diana Ross

"Eu espero que a batalha dele tenha servido para abrir caminhos para outras pessoas jovens viverem mais livres. Os direitos LGBTQI são direitos humanos. Escolher quem você ama é seu direito humano. Como você se identifica e vê a si mesmo é seu direito humano. Com quem você faz amor e leva para comer no Red Lobster é seu direito humano", continuou ela. 

A estrela então falou sobre seu marido. "Eu só queria dizer a você, Jay, que eu tenho orgulho de você por fazer incríveis passos para mudar os estigmas na comunidade hip-hop. É um privilégio te assistir dando esses passos bem do seu lado. Eu te amo e nós estamos super gratos e honrados". 

leia também
Por que Kendall Jenner gostaria de ser Beyoncé por um dia

Jay-Z também lembrou de sua mãe, Gloria Carter, que foi honrada na premiação no ano passado. 

"Vida, essa jornada cheia de altos e baixos e muito aprendizado. Essa é uma noite importante. Eu também quero, porque eu não consegui ano passado, honrar minha mãe, que recebeu este prêmio no ano passado, e seguir seus passos em espalhar amor e aceitação, e seu lindo discurso ao fim da música Smile, por ela me permitir contar sua história. Então, eu quero que todos reconheçam isso e sua forte mensagem de amor, de quem você ama e que conecta almas".

 

Veja abaixo os melhores looks de Beyoncé:

Marco de Vincenzo


Chanel
LaQuan Smith
Stella McCartney
Balmain
Proenza Schouler
Topshop
Zuhair Murad
fotos
VEJA MAIS FOTO DE Os melhores looks de Beyoncé